Obtido naturalmente de algas verdes, o Vega-DHA™ é a mais nova tendência em suplementação com DHA (ácido docosahexaenoico). Vegano e livre de metais pesados, também traz a vantagem de não gerar desconfortos durante sua digestão (mau hálito, por exemplo).

Indicações:
– alternativa à suplementação com DHA de origem animal;
– desenvolvimento cognitivo, prevenção de Alzheimer;
– recuperação pós-treino (“recovery”).

Benefícios:
– Vegano, alternativa ao DHA de origem animal (peixe);
– Fácil digestão, sem gerar desconfortos como mau hálito;
– Sem contaminação com metais pesados, sem alergênicos, sem aditivos artificiais.

MECANISMO DE AÇÃO

Estudos recentes mostram que a suplementação com ômega-3 pode não trazer os benefícios esperados porque apenas uma pequena quantidade do que é ingerido é metabolizada e realmente convertida em substâncias que participam da cascata inflamatória (a qual pode ser vista na Figura a seguir). O Vega-DHA™ é uma forma eficaz de atuação sobre essa cascata, pois não depende de uma série de reações
enzimáticas para síntese do DHA, e consequentemente, para a ação anti-inflamatória.

Figura. Cascata do processo inflamatório e anti-inflamatório a partir da metabolização dos ômegas 6 e 3.

                                                                                        Fonte: Portal São Francisco (adaptado)

 

Além disso, o DHA é o ácido graxo mais abundante no cérebro e um dos grandes responsáveis pela neurotransmissão (sinapses neuronais). Estudos mostram que a deficiência de DHA pode alterar a atividade sináptica, e assim, comprometer o processo cognitivo. Com isso, aumenta também o risco de doenças como a de Alzheimer, uma vez que a deficiência de DHA aumenta o risco de agregação de placas β-amilóides no cérebro (um dos principais sinais da doença) (HASHIMOTO; HOSSAIN, 2011; TENG et al, 2015). Por outro lado, outro estudo com idosos mostrou que a suplementação à base de DHA foi melhor do que com EPA em aspectos relacionados à cognição (Gráfico 1) (SINN et al., 2012).

Gráfico 1. Comparativo de alteração cognitiva entre 3 grupos de idosos: controle (ômega-6), suplementado com DHA e com EPA durante 6 meses.

 

Outra comprovação importante sobre o DHA está relacionada à gestação e infância. Este nutriente é fundamental para o desenvolvimento cerebral do feto, e consequentemente, para cognição (concentração, aprendizado, foco) (ROGERS et al., 2013).

O DHA também tem ação importante na recuperação muscular pós-treino. Um estudo com mulheres praticantes de atividade física mostrou que a suplementação diária com DHA reduziu a dor muscular após a atividade física, sem alterar a resposta adaptativa muscular, ou seja, sem reduzir a capacidade de hipertrofia muscular e de aumento de performance (Gráfico 2) (CORDER et al., 2016).

Gráfico 2. Comparativo de performance em atletas suplementados com DHA durante 1 semana (vs.placebo).

Fonte: CORDER et al., 2016

 

POSOLOGIA:
Vega-DHA™ ___________ 500 a 2.000 mg por dia
Ingerir, de preferência, longe das refeições.

APLICAÇÕES:
Cápsulas, sachês, shakes, sucos, gomas, chocolates, barras etc.

INFORMAÇÕES NUTRICIONAIS:

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

1. CORDER, K. E. et al. Effects of Short-Term Docosahexaenoic Acid Supplementation on Markers of Inflammation after Eccentric Strength Exercise in Women. J Sport Sci Med 15:176-83, 2016. 2. HASHIMOTO, M.; HOSSAIN, S. Neuroprotective and ameliorative actions of polyunsaturated fatty acids against neuronal diseases: beneficial effect of docosahexaenoic acid on cognitive decline in Alzheimer´s disease. J Pharmacol Sci, 116:150-62, 2011. 3. ROGERS, L.K. et al. DHA Supplementation: Current Implications in Pregnancy and Childhood. Pharmacol Res, 70(1): 13–19, 2013. 4. SINN, N. et al. Effects of n-3 fatty acids, EPA v. DHA, on depressive symptoms, quality of life, memory and executive function in older adults with mild cognitive impairment: a 6-month randomised controlled trial. Br J Nutr, 107:1682-93, 2012. 5. TENG, E. et al. Dietary DHA supplementation in an APP/PS1 transgenic rat model of AD reduces behavioral and Aβ pathology and modulates Aβ oligomerization. Neurobiol Dis, 82:552-60, 2015.

 

Compartilhar:

post 108

 

Os ácidos graxos ômega 3, obtidos dos peixes de água fria, já têm seus usos consagrados pela sociedade, pela grande maioria das especialidades médicas, pelos profissionais nutricionistas, etc.

 

Suas propriedades protetoras da membrana celular contra o ataque das espécies ativas do oxigênio, sua potente capacidade anti-inflamatória, entre outras, já são sobejamente conhecidas por todos.

 

Também é do conhecimento de todos a necessidade da reposição dos ácidos graxos ômega 3, pelo fato de serem essenciais, e portanto, não são produzidos por nosso organismo. Além de tudo isto, o consumo de peixes em nosso país é baixíssimo, mal chega a 900g per capita/ano. Comparando com o Japão, cujo consumo de peixes chega a 67kg per capita/ano, é mais do que necessário fazer a reposição dos ômega 3 (EPA + DHA).

 

Falando do uso dos ácidos graxos ômega 3 na infância, a sua importância é tamanha que muitos trabalhos mencionam o seu uso pelas gestantes para melhorar o sistema imune das crianças até os 3 anos de idade. Outros trabalhos citam o benefício dos ômega 3 no desenvolvimento constitucional e mental em crianças até os 7 anos de idade.

 

Acontece que a maioria dos ômegas 3 do mercado não é aceita pelo paladar infantil, isto ainda é aumentado pelo odor desagradável. A Global Nutrition através de sua equipe especializada em desenvolvimento de produtos conseguiu após muito estudo, uma apresentação inédita para o ômega 3 infantil: o ÔMEGA KIDS. O ÔMEGA KIDS foi desenvolvido em cápsulas gelatinosas moles, com 250mg de ômega 3 (18% de EPA e 12% de DHA), em forma de peixinhos e com 4 cores: verde, amarelo, vermelho e azul. Para melhorar a adesão das crianças ao óleo de peixe, as cápsulas são isentas de odor e possuem um sabor cereja que lhes conferem uma agradável palatabilidade.

 

Desta maneira, a Global Nutrition resolveu um problema muito importante na nutrição infantil em nosso país: a reposição dos ácidos graxos ômega 3 em nossa população infantil não só tornou-se viável, mas acima de tudo tornou-se agradável e de fácil adesão pelas crianças de qualquer idade.

 

A Global Nutrition espera que em médio e longo prazo, com o desenvolvimento do hábito da reposição dos ácidos graxos ômega 3 pela população infantil, tenha colaborado com os pediatras e nutricionistas na melhora e manutenção da saúde das crianças em nosso país.

 

Apresentação:

ÔMEGA KIDS – Potes com 90 cápsulas de ômega 3.

Dose sugerida: Tomar 2 cápsulas ao dia ou a critério do médico, nutricionista ou outros prescritores.

 

 

Fonte: http://idealfarma.com.br/ideal/?p=1646

Compartilhar:
Perfil
Mona Lisa Bevilacqua

Empresária, Graduada em Farmácia Industrial, Pós-graduada
em Manipulação Magistral Alopática, MBA em
Cosmetologia e
com cursos de
cosméticos realizados
em Paris e Mônaco.
Saiba Mais
Chat Online
LiveZilla Live Chat Software
LiveZilla Live Chat Software
Horários de atendimento para Orçamento Online:
De seg. a sex. das 08h às 18h.
Sábado. das 08h às 13h.
Newsletter
Fique por dentro das novidades.
Loja Virtual
Mais Acessados


Contato

34 3331-0500
Avenida Santos Dumont, 1050
Uberaba / MG - CEP 38060-600
Sobre o Blog

Este é um canal de comunicação da Farmácia AcquaBella com todos os nossos públicos: Clientes, Colaboradores, Sociedade e Fornecedores.
Farmácia AcquaBella © Todos direitos reservados 2014.