Destaques

rodape_post

É uma doença de pele comum, fisiológica e indesejável, caracterizada pelo depósito localizado de gordura e aparece principalmente nos glúteos, pernas  e abdômen. O problema afeta de 85% a 95% das mulheres de todas as raças após o início da puberdade, sugerindo a importância dos hormônios femininos na sua formação. Além disso, predisposição genética, sedentarismo, tabagismo e problemas circulatórios também influenciam no seu aparecimento.

O impacto da celulite na auto-estima e na qualidade de vida é tanto que alguns estudos científicos questionaram o que realmente funciona para acabar ou, pelo menos, melhorar o problema. É importante que as pacientes saibam que não existem métodos milagrosos. Como a celulite tem várias causas, tratá-la exige uma abordagem multidisciplinar. Isso significa que, além de adotar um programa de alimentação equilibrada e, de preferência, ter uma rotina regular de atividade física, a melhor saída é combinar dois ou mais tratamentos estéticos. Aqui,sugiro algumas técnicas:

zzz

Drenagem linfática:

Massagem que visa a eliminar o excesso de líquidos e toxinas retidos nos tecidos. Executada com as mãos, a massagem é feita de maneira a levar os líquidos acumulados para a circulação linfática para que sejam eliminados. A técnica também estimula o funcionamento circulatório e metabólico do organismo.

Massagem modeladora:

Enquanto a drenagem linfática estimula a eliminação do líquido acumulado no corpo, a massagem modeladora atua mais diretamente sobre as placas de gordura. Para atingir a gordura é necessária uma massagem mais firme e com movimentos rápidos e repetitivos. A manipulação da gordura promove a vasodilatação, aumenta a oxigenação local e acelera a velocidade de metabolização, o que ajuda a diminuir a celulite. Nos casos em que a celulite surge por flacidez da pele, deve-se tomar cuidado com essa técnica.

Creme anti-celulite:

Os cosméticos anticelulite deram um salto. As novas tecnologias presentes nesse tipo de formulação garantem uma absorção melhor e mais rápida, maior estabilidade aos princípios ativos e ótima cosmética – ou seja, são livres de óleo, fáceis de espalhar e contam com aroma e toque agradável, fatores fundamentais para a mulher passar o creme todos os dias. Mas, mesmo com todo esse avanço, não dá para dizer que um cosmético vai resolver toda a complexidade da celulite. Por isso, vale rever a sua expectativa quando gasta (muito!) dinheiro naquele último lançamento – nenhum vai emagrecer você, mas apenas ajudar a melhorar a textura e o relevo superficial da pele. Normalmente, os cosméticos funcionam para o tratamento de graus iniciais, aqueles com aspecto de casca de laranja bem leve, e agem como um coadjuvante aos procedimentos estéticos nos casos graves.

Endermologia:

É um tratamento não invasivo que usa um aparelho motorizado composto por um sistema de sucção e rolos. Os movimentos do aparelho estimulam a circulação e promovem aumento da circulação, o que diminui a celulite. Visualmente, a pele fica com menos irregularidades e com aparência renovada. Nos casos em que a celulite surge por flacidez da pele,deve-se tomar cuidado com essa técnica

Radiofrequência:

Ele estimula a produção de colágeno, o que diminui as traves fibrosas que retraem o tecido e deixam a pele cheia de furinhos. O aparelho utiliza uma radiação eletromagnética de alta frequência que faz com que as moléculas de água se agitem, aumentando a temperatura. O procedimento não é invasivo e não traz qualquer prejuízo à pele. Além disso, é um dos mais duradouros, por reestruturar o tecido de maneira mais intensa. É indicado para todos os graus de celulite, principalmente nos casos em que há flacidez associada.Nesse caso,podemos associar a corrente russa para melhorar ainda mais a flacidez muscular

Mesoterapia:

A mesoterapia é uma técnica que utiliza um coquetel de medicamentos para diminuir a gordura no local tratado.O princípio básico da técnica é a aplicação de uma pequena quantidade dessas substâncias na área a ser tratada. Ao se espalhar pelo organismo, o coquetel estará diluído, o que reduz o risco de efeitos colaterais.  Mas CUIDADO!! dependendo da aplicação e da administração dos medicamentos, o resultado pode ser prejudicial.

 Carboxiterapia:

A carboxiterapia, apesar de recomendada em algumas clínicas de estética para todos os tipos de celulite, não gosto muito dessa técnica. Isso porque, inicialmente, a técnica foi criada para tratar úlceras na pele – a injeção de dióxido de carbono melhorava a circulação sanguínea e a oxigenação dos tecidos, fazendo com que as feridas se fechassem mais rapidamente. Depois, começou a ser usada no meio estético com a ideia de que sua ação vasodilatadora também poderia reduzir a flacidez e as irregularidades decorrentes da celulite. Mas até agora foram feitos poucos estudos sobre a eficácia e a segurança do método

 Subcisão:

É uma técnica cirúrgica recomendada para correção de depressões profundas. Através de uma agulha especial, é realizada a quebra das traves fibrosas sob anestesia local. O resultado é um hematoma no local que regride em alguns dias minimizando, ou mesmo, fazendo desaparecer a celulite.

Manthus:

Terapia combinada de alta frequência tripolar que combina correntes estéreo- dinâmicas (eletrolipoforese) com ultrassom, permitindo um tempo de terapia mais curto, eficiente e com doses extremamente estáveis. O Manthus age profundamente nas áreas tratadas, pois seu mecanismo combina ultrassom(acelera o metabolismo local), corrente elétrica(estimula sistema linfático) e eletroporação (facilita a penetração dos princípios ativos específicos para celulite ou gordura localizada).É também recomendado nos pós operatórios de cirurgias plásticas,hematomas e fibroses

Lipocavitacão:

 Queridinha do momento… A energia ultrassônica emitida penetra até a gordura subcutânea, gerando pequenas bolhas dentro das células de gordura – os adipócitos. Essas bolhas aumentam progressivamente em número e causam agitação no interior da célula e levam ao seu rompimento. “A gordura, então, se divide em ácido graxo e glicerol: o ácido graxo se liga a  uma substância chamada albumina e é eliminada pelo fígado, o glicerol é solúvel em água e, por isso, é eliminado pelos vasos linfáticos e urina. Se o paciente já tiver gordura no fígado  ou colesterol elevado este procedimento estético deve ser evitado.

g

Compartilhar:

As pessoas insatisfeitas com a sua aparência e fora dos padrões de magreza impostos pela sociedade como sinônimo de beleza buscam dietas milagrosas que prometem emagrecimento rápido. Isso acontece quando a pressa está acima da vontade de emagrecer com saúde. Divulgadas na televisão, jornais, revistas e internet, as mais variadas dietas existem em inúmeras versões, mas todas apresentam deficiência de nutrientes e são praticamente impossíveis de serem seguidas por muito tempo.

3549B4DCF3F3A1E77638C8C41871_h400_w598_m2_q90_cHJeNyBBS

As pessoas querem emagrecer do dia para a noite, mas sem reeducação alimentar e depois da dieta voltam a engordar. O maior malefício que as dietas muito restritivas trazem para o organismo são as alterações do metabolismo. “O corpo se adapta ao que a pessoa come. Se a pessoa restringe muito a alimentação, o metabolismo passa a ser mais lento. Passado o tempo da dieta, quando a pessoa voltar a se alimentar normalmente, o metabolismo vai estar mais lento e ela vai engordar com mais facilidade” é quando acontece o temido efeito sanfona.

A rápida perda de peso inicial motiva as a pessoa a continuar a dieta radical, mas a questão é que a balança não reflete necessariamente a mudança de composição corporal, ou seja, boa parte do peso perdido, no início, é apenas de líquidos. Ao longo da dieta, além da água é perdida também massa magra (músculo), por causa do desbalanceamento dos  nutrientes.  Sem falar que estas dietas prejudicam a autoestima, pois são impraticáveis e facilmente abandonadas.

Normalmente as pessoas retiram da dieta o grupo alimentar que acham que engorda e o cardápio fica pobre e sem qualidade. São comuns as dietas que restringem os carboidratos, com consequente excesso no consumo de proteínas e gorduras. Nesses casos, pode haver elevação dos níveis de colesterol, sobrecarga hepática e renal e problemas cardiovasculares.

Sinal vermelho também para os medicamentos voltados para auxiliar no emagrecimento. “Na verdade, esse tipo de medicamento só mascara o problema”, como exemplo os inibidores de apetite. “Quando a pessoa para de tomar, a fome volta”.

Outro agravante para quem é adepto às dietas radicais, é o aumento do risco de problemas cardiovasculares. Emagrecer muito rápido causa danos ao coração e as artérias. É aconselhável sempre que a pessoa emagreça gradativamente.

O imediatismo e a desinformação levam milhões de pessoas a tentar fórmulas fáceis para adquirir o peso sonhado. Mas seguir dietas da moda é perigoso e ineficaz. Para obter e, principalmente, manter o peso adequado é um projeto de longo prazo. Esse objetivo só pode ser alcançado através da reeducação alimentar. A obesidade é uma doença de difícil tratamento, que exige conscientização e disposição para mudar velhos hábitos.

 Por isso a reeducação alimentar é o melhor caminho, pois beneficia o indivíduo, colocando o relógio biológico para trabalhar no momento correto, isto é, regulariza o metabolismo. O ideal é seguir uma dieta balanceada, assim vai haver uma perda de peso constante e saudável.

rodape_post1

Compartilhar:

O Óleo de Cártamo é extraído das sementes do cártamo (Carthamus tinctorius L.), sendo rico em Ômega 9 e Ômega 6, que segundo estudos, auxilia o organismo na queima de gordura e na definição da musculatura, além de equilibrar os níveis de colesterol e regular os processos metabólicos do organismo. O Óleo de Cártamo inibe a ação da enzima humana responsável pelo armazenamento de gordura no organismo, o que o obriga a utilizar a gordura acumulada como combustível para atividades físicas, otimizando a queima de gordura, caracterizando-o como termogênico.

 

rodape_post

A cafeína é um estimulante utilizado para fornecer aporte concentrado de energia. Um de seus objetivos é combater a fadiga estimulando o sistema nervoso central. Esta substância presente em bebidas, alimentos e em muitos suplementos estimulantes e para perda de peso é uma das mais ingeridas no mundo. Seu efeito lipotrófico – emagrecedor – está associado à liberação do hormônio catabólico adrenalina. É creditada a ela também a responsabilidade por inibir a fadiga mental e aumentar o desempenho físico.

 

adfef

Compartilhar:

A celulite é diferente da obesidade. A obesidade é caracerizada pela hipertrofia e hiperplasia do tecido adiposo e não necessáriamente limitada á pélvis, coxas e áreas abdominais. Em contraste, a celulite é comumente encontrada, mas não limitada na pélvis, coxas e adbômen e é resultado de alterações estruturais no tecido subcutâneo, inflamação, alterações histoquímicas, morfológicas e bioquímicas que produzem o aspecto grumoso da pele.

 

rodape_post

O excesso de tecido adiposo desencadeia um processo inflamatório local, causando retenção de água no tecido. O inchaço das células adiposas comprime os vasos sanguíneos linfáticos, bloqueando a circulação de fluidos. Ao mesmo tempo, as estruturas do tecido conectivo que participam do compartimento adiposo são distorcidas, devido a pressão das células de gordura que estão inchadas. Na medida em que lóbulos de gordura vão se expandindo, eles repuxam a superfície da pele, causando o aspecto grumoso da celulite. A expressão da adiponectina está significativamente reduzida no tecido adiposo de áreas afetadas pela celulite.

Celulites e estrias (que foi nosso assunto da semana passada) são problemas de pele que afetam fortemente a crescente população jovem,  em especial as mulheres. A idade a partir dos 15 anos é o período em que a propensão as estrias e celulites começam a apresentar suas primeiras evidências.

A celulite é de difícil tratamento, mas a combinação dos vários meios disponíveis na fisioterapia dermatofuncional, associada a novos tratamentos com dermocosméticos tópicos (incluindo o uso de xantinas) e produtos de uso oral, poderá levar a bons resultados.

 

Opção de tratamento de uso tópico:

Loção DrenaSlim: Xantalgosil, Xantinas, L-carnitina e Permeador cutâneo.

 

O Xantalgosil apresenta resultados comprovados cientificamente

– Redução do Aspecto de “Casca de Laranja”

– Pele mais firme

– Redução dos estados inflamatórios

– Melhora a micro-circulação

– Ação lipolítica.

 

adfef

Compartilhar:

Se você é daquelas pessoas que quando vem um fio de cabelo no travesseiro já entra em desespero pelo medo de ficar careca, então vamos tentar entender um pouco mais dessa temível doença arrasadora de autoestima.

fff

O termo calvície na verdade, se refere a uma série de patologias ou desordens orgânicas que levam à queda, diminuição do volume ou ao afinamento dos cabelos. Porém, o tipo de calvície que iremos abordar aqui se refere ao padrão de calvície ao qual estamos acostumados a ver todos os dias, que é a calvície genética também chamada cientificamente de Alopecia Androgênica (AGA).

 A calvície, em termos gerais, sem ser calvície genética, pode ter inúmeras outras causas. Por exemplo, algum tipo de anemia, o uso de algumas medicações, dietas radicais que podem levar a deficiência de vitamina ou algum outro tipo de carências nutricional, estados de pós-parto ou cirurgias longas, distúrbios em outros órgãos, como tireoide, ovários, hipófise e glândulas adrenais, infecções como a dengue, entre outras que devem ser investigadas caso a caso.  Todas essas condições podem levar a queda de cabelo ou acelerar um processo de calvície genética.  Mas toda queda de cabelo devido a essas condições são passiveis de tratamento e de serem revertidas.

A AGA pode ser tanto masculina quanto feminina, e seu surgimento é determinado geneticamente.  Essa estória de que só os homens ficam carecas já é coisa antiga. A calvície atinge homens e mulheres na mesma proporção sendo que a única diferença é a forma como ela surge no homem e na mulher.

No homem a calvície tem um padrão clássico, com o aparecimento ou o aumento das famosas “entradas” ou da “coroinha”, que depois, em casos mais avançados, pode evoluir até o encontro das duas, em que se poupam apenas as partes laterais e acima da nuca. Já as mulheres com a tendência genética desenvolvem um padrão difuso, em que o que ocorre é uma rarefação, um afinamento e/ou uma diminuição do volume em toda a área do couro cabeludo, poupando sempre a linha de implantação dos cabelos, ou seja, sem desenvolver “entradas” ou “coroinhas”.  Veja figuras abaixo com a diferença entre mulher e homem:

gg

Não existe também uma idade certa para o aparecimento da AGA. A média de inicio é após os 30 anos. No entanto existem casos de calvície já relatados iniciando aos 7 anos de idade tanto em homem quanto mulher.

O que acontece na AGA é um processo de miniaturização dos fios, que vão afinando ao longo do tempo até sumirem. Essa é a história natural da AGA. No entanto, o exato mecanismo para que isso aconteça ainda permanece desconhecido. Sabe-se que a herança dos genes pode vir de qualquer lado da família e estes genes podem afetar de forma diferente cada membro da família. Provavelmente há vários genes em diferentes cromossomos que estão envolvidos, sendo que alguns certamente são dominantes. Sabe-se também que um dos motivos para que isso aconteça é que os hormônios masculinos, através de sua ligação com os receptores localizados nos fios, levem a essa alteração do crescimento.

E baseado nessa teoria hormonal do processo de miniaturização dos fios é que foram desenvolvidos a maioria dos tratamentos medicamentosos disponíveis hoje para a calvície genética tanto no homem quanto na mulher.

Como é o tratamento?

Inicialmente é sempre importante prevenir fatores que pioram a queda dos fios, como por exemplo, a oleosidade excessiva. Neste quesito gosto de frisar a importância de se manter um couro cabeludo sempre limpo e seco, portanto, é de fundamental que se lave bem os cabelos de preferência todos os dias. Sim! Os cabelos podem e devem ser lavados todos os dias para se evitar excesso de oleosidade ou “caspa”.

Outro quesito fundamental é fazer uma investigação médica para tentar descobrir se existem outras alterações orgânicas que influenciam na queda de cabelo como problemas da tireoide, síndrome dos ovários policísticos entre outros e que devem ser tratados prioritariamente.

O tratamento especifico para o homem é feito com medicação especifica chamada de Finasterida, e geralmente associada a uma medicação tópica entre elas o minoxidil.

Para as mulheres, existe já uma gama maior de medicações que podem ser utilizadas com excelente eficácia. Qual medicação será utilizada, no entanto, vai depender da reação de cada organismo, devendo para isso muitas vezes serem realizados testes terapêuticos. Uma das medicações hoje mais bem aceitas é a Espironolactona, que em doses altas compete com a testosterona pelo receptor androgênico no folículo.

O mais importante, no entanto, é ter em mente que nenhum desses tratamentos faz nascer cabelos novos ou que já foram perdidos (miniaturizados). Todos os tratamentos evitam a progressão do quadro e a estabilização da queda. Devido a isso o tratamento deve ser iniciado o mais precoce possível no intuito até de se fazer uma prevenção, principalmente naquelas pessoas com histórico familiar positivo de calvície e que certamente tenham propensão ao desenvolvimento da patologia.

jj

A técnica de transplante ou implante capilar evoluiu muito ao longo dos anos. Hoje os resultados de transplantes capilares são extremamente naturais e sem deixar cicatrizes. É indicado para aquelas pessoas que já tem um quadro pouco ou muito avançado, com entradas bem pronunciadas ou coroinha bem evidente, ou até mesmo para aquelas pessoas que em um quadro bem discreto ou inicial, mas que querem também ter um aumento do volume capilar.

A nova técnica é chamada de “FUE” (Folicular Unit Extraction), onde os fios são retirados da área doadora fio a fio e reimplantados fio a fio. É uma técnica de transplante capilar minimamente invasiva e que não deixa cicatrizes visíveis cabelo bastante curto sem aquela cicatriz grande na nuca.

Nessa técnica as incisões são realizadas com instrumentos milimétricos e na profundidade correta, o que garante boa oxigenação folicular e crescimento saudável do cabelo transplantado.  O instrumento retira unidade folicular por unidade e depois essas unidades são separadas para serem reimplantadas, como mostra figura abaixo. A distribuição dos cabelos é feita de forma natural, de acordo com a inclinação e direção do cabelo ainda existente ou, no caso de ausência completa de cabelos, de acordo com os padrões mais comuns de distribuição.

Possui uma recuperação pós-operatória é rápida e indolor, pois por se tratar de uma cirurgia minimamente invasiva, esse transplante proporciona ao paciente uma vida normal, podendo inclusive voltar ao trabalho no dia seguinte.

Essa técnica também é utilizada para repor pelos em qualquer parte do corpo, inclusive sobrancelhas com resultados excelentes.

Portanto, não fique esperando o tempo passar. Procure um especialista assim que notar a queda de cabelo ou se tiver histórico na família devendo começar uma prevenção o quanto antes. Hoje só fica realmente careca quem quer!!!

 rodape_post.fw2

Compartilhar:

As estrias caracterizam-se por um rompimento repentino das fibras elásticas da pele localizadas na derme que sustentam sua camada intermediária. Instala-se um processo inflamatório que determina a destruição do colágeno e da elastina. A cor rosa significa que existe um processo inflamatório na epiderme, porém reações do organismo fazem com que as estrias fiquem mais longas, largas e escuras. Finalmente, quando a inflamação termina a pele é substituída por tecido fibroso, tecido de cicatrização, e fica com uma coloração esbranquiçada.

rodape_post

As estrias afetam homens (40%) e mulheres (60%), são mais comuns durante a adolescência ou no transcorrer da gestação. As estrias geralmente acometem mais as nádegas, abdômen e mamas nas mulheres e costas, lombar e região lateral das coxas nos homens. As estrias que surgem atrás do joelho, nos ombros e nas costas, horizontalmente, geralmente são sinais de crescimento repentino que provoca distensão mecânica e aparecem mais na adolescência. O mesmo mecanismo explica, nas grávidas, as que aparecem no abdômen e nas mamas.

As estrias podem surgir de diversos fatores, dentre eles destacam-se: Obesidade, crescimento repentino, uso de corticóide, excesso de exercício, sedentarismo e alterações hormonais fisiológicas ou não.

O surgimento das estrias depende de uma tendência pessoal e genética, mas de qualquer forma devemos prevenir o seu aparecimento. Recomenda-se hidratação intensa da pele com cremes especiais para esse fim, principalmente em pessoas com histórico familiar de estrias. Além disso, a hidratação deve ser realizada também de dentro para fora, o que significa que devemos ingerir água, sucos, chás em uma quantidade de aproximadamente 2 litros por dia. Para prevenção também é imprescindível não ser tabagista, ingerir alimentos com vitamina C, evitar o “efeito sanfona”, os exercícios intensos e os anabolizantes.

rodape_post2

Existem tratamentos para as estrias, mas eles visam melhorar a lesão e o aspecto da pele, estimulando a formação de tecido colágeno subjacente e fazendo com que elas fiquem mais semelhantes a pele ao redor, podendo até torná-las imperceptíveis. Para isso, várias técnicas podem ser empregadas, dentre elas:

 Tratamentos com ácidos: Alguns tipos de ácidos estimulam a formação do colágeno melhorando o aspecto e a textura da pele. O ácido, a ser definido de pessoa para pessoa, pode ser passado como um creme ou pode-se utilizar aparelhos fisioterapêuticos para facilitar a sua penetração na pele onde se encontra a estria, potencializando os resultados.

Dermoabrasão: Mais conhecido como peeling de cristal ou peeling de diamante, melhora o aspecto da pele e possui uma vantagem sobre os ácidos, regulariza a superfície da pele que ganha mais uniformidade. O tratamento deve ser realizado por profissional capacitado. Se o tratamento por aprofundado pode deixar alterações irreversíveis.

Carboxiterapia: O gás carbônico atua dilatando os vasos sanguíneos e estimulando a formação de novos vasos sanguíneos, promovendo melhor irrigação de sangue nos tecidos e, consequentemente, melhor oxigenação da região tratada. O gás carbônico atua também no rompimento de fibroses do tecido subcutâneo. Alguns estudos mostram o favorecimento de formação de colágeno e elastina e efeito lipolítico (quebra das células de gordura) decorrente da carboxiterapia.

Laser: Utilizando somente ele, os resultados são menos efetivos que outros tratamentos. Ele estimula a formação do colágeno devido a um aquecimento da derme que remodela a camada da pele, degrada o colágeno antigo e reorganiza os feixes das fibras; estimula a renovação da pele; melhora a coloração das estrias, principalmente as violáceas, devido a sua atuação em vasos.

Galvanopuntura: Estimulação da derme que leva a uma inflamação em toda a estria e provoca um aumento na produção do colágeno com posterior regeneração. É realizado com agulha e promove uma inflamação localizada somente na estria e é muito eficiente na regeneração do tecido conjuntivo rompido.

Existem tratamentos realizados pelos médicos como:

Subcisão: Nessa técnica, introduz-se uma agulha grossa e com ponta cortante abaixo da estria, fazendo-se movimentos de vai-e-vem. Isso causa lesões no tecido, levando à formação de novas proteínas que vão preencher os locais onde elas faltavam. Esse tratamento leva à formação de manchas roxas, que representam saída de sangue dos vasos, o que é importante, pois também estimula a produção dessas proteínas. Também é usado no tratamento da celulite.

Mesoterapia: A mesoterapia consiste na aplicação de substâncias medicamentosas na pele, abaixo dela ou nos músculos, com finalidades específicas. Normalmente ela é aplicada para tratamento de estrias. O método pode deixar hematomas ou inchaço no local de aplicação e é contraindicado para grávidas.

Intradermoterapia: Consiste na injeção de substâncias, como o ácido glicólico, a vitamina C ou outras, que estimulam a formação de uma nova pele. A injeção é feita ao longo de toda a estria, com agulhas finíssimas, melhorando a circulação local e a produção de proteínas da pele. Consegue-se com isso a redução da altura e da espessura das estrias. São necessárias várias sessões, e a aplicação pode ser dolorosa. Assim como nos casos anteriores, a exposição ao sol deve ser evitada.

Todas essas técnicas são eficientes no tratamento das estrias, mas devem ser usadas combinadas para a obtenção de um melhor resultado. As sessões geralmente são muitas, independente do tratamento escolhido, se será isolado ou associado e deve-se manter uma sequencia desse tratamento indicada pelo profissional que o está realizando. O número de sessões depende da resposta do organismo de cada indivíduo.

g

Compartilhar:

A reinne é uma marca de cosméticos inovadora, seus produtos são inspirados nos cinco reinos de seres vivos. com pesquisa e desenvolvimento realizados em escala global, a empresa utiliza ativos exóticos e extraordinários para desenvolver produtos inovadores e eficientes. todos os produtos são submetidos a testes clínicos a fim de comprovar sua eficácia no tratamento cosmético. os produtos são dermatologicamente testado. produto hipoalergênico.

 

Captura de Tela 2014-05-02 às 12.41.38

 

 

Dados obtidos em testes realizados e comprovados em instituto de pesquisa científica credenciado a anvisa. Lançados somente após obterem expressivos resultados clínicos. o gel creme reinne miracol foi desenvolvido com extrato protéico de baba de caracol.

Sua fórmula potente auxilia na recuperação e regeneração de tecidos, promovendo a redução de rugas e marcas de expressão. o produto tem textura gel creme, que facilita a absorção e não deixa a pele oleosa. testado dermatologicamente.

 

adfef

Compartilhar:

Estrias são modificações crônicas da pele classificadas como atrofias lineares. Caracterizam-se histologicamente por ruptura de fibras elásticas presentes na derme profunda, acometendo a epiderme em formas de depressão. Confere à pele um aspecto cicatricial que varia dependendo do tipo de estria e grau de evolução.

 

h

 

Apesar de não afetarem a saúde física são visualmente desagradáveis, principalmente para as mulheres, já que predominam neste sexo e ocorrem em aproximadamente 70% das grávidas. A boa notícia é que essa alteração que aparentemente não tem solução apresenta na atualizadade tratamentos estéticos com resultados bastante favoráveis que associam tecnologias em equipamentos e ativos cosmétológicos eficazes.

As estrias aparecem por estresse mecânico (estiramento) ou estresse fisiológico (estímulo hormonal) e ocorrem porque as fibras elásticas são estiradas intensamente e se rompem e ao mesmo tempo os feixes colágenos são esticados e afilados. Caracterizam conforme o tempo de aparecimento. Estrias rosadas ou recém formadas possuem cor clínica avermelhada. Devido á sobrecarga dos vasos sanguíneos ou infiltração inflamatória respondem melhor aos tratamentos. Brancas são estrias antigas e possuem cor clínica branca por produção de novas e finas fibras elásticas e pouca irrigação sanguínea.

 

Um dos ativos em destaque para o tratamento é o Hidroxiprolisilane que acelera o processo regenerativo e restaura a elasticidade cutânea.

– estimula a multiplicação das células “envelhecidas” e a renovação celular bastante significativa.

– Atua no processo de renovação celular (citoestimulação), que é o estimulo da divisão celular dos fibroblastos, conseuqntemente ajuda a normalizar o metabolismo celular de um tecido envelhecido.

– Ação anti-estrias evidenciada clinicamente, testes realizados em gestantes.

– Melhora a cicatrização por apresentar melhora significativa do processo regenerativo e da cicatrização, com um menor consumo de enregia celular.

– Considerado um hidratante biológico.

 

Untitled

 

Produto também eficaz no tratamento de estrias ocasionadas por outros fatores além da gestação, como uso de corticóides e esforços excessivos para ganho de massa muscular.

Veja o antes e depois de 30 dias de tratamento da caneta anti-estrias. Paciente iniciou o tratamento  4 meses após o parto, lembrando que esse produto não pode ser utilizado durante o período de amamentação. Estrias ainda recentes e avermelhadas.

 

adfef

Compartilhar:

Você já deve ter escutado que é fundamental se alimentar antes de praticar uma atividade física, certo? Mas você sabe quais são os alimentos mais indicados para antes e depois do treino?

ed

Tenho visto com frequência em meu consultório que a maioria das pessoas ainda não sabem como deve ser essa alimentação. Independente de seus objetivos, treinar de barriga vazia ou deixar de se alimentar após a prática da atividade física é um erro enorme.

Para se ter um ótimo desempenho e evitar riscos à saúde durante a prática da atividade física, deve-se ter cuidados sobre a alimentação consumida tanto antes quanto depois, e até mesmo durante o exercício, dependendo do esporte praticado.

Antes da atividade devem ser consumidos alimentos ricos em carboidratos de baixo a médio índice glicêmico e proteínas.

Os carboidratos, por ser a principal fonte energética do organismo, permitem um treinamento intensivo e consistente, retardando a fadiga e diminuindo o risco de lesões. Já as proteínas, promovem o incremento de massa muscular e evitam o desgaste da mesma.

Mas, não ache que todos os tipos de carboidrato são fontes de energia para a musculação. “Os carboidratos simples devem ser evitados, afinal são digeridos rapidamente ocasionando picos de energia seguidos de queda energética no organismo, podendo dar tontura durante o treino”.

 O indicado é consumir carboidratos complexos, pois demoram a ser ingeridos e assim evitam a queda de níveis glicêmicos. Aposte nos pães integrais, arroz integral, batata doce, salada de frutas, torradas, cereais ou iogurtes.

Após os exercícios é comum bater aquela fome. Isso acontece porque o organismo gastou energia e fica carente de nutrientes, vitaminas e minerais.

Após a atividade também devem ser consumidos carboidratos e proteínas, só que os carboidratos desta vez serão de alto índice glicêmico (como pães, batatas, macarrão, panquecas, cereais), pois isso propiciará uma melhor recuperação do estoque de energia perdido e da massa muscular.

Lembrando que há um horário para que ocorra esta alimentação pós-treino de até 1h.

Mas, é na hora do pós-treino que mora o perigo! Após o treino, o organismo age como uma esponja. Tudo que é ingerido é absorvido rapidamente, pois o corpo está necessitando de alimentos para repor o que foi perdido.  Por isso, cuidado com o que você come depois de ir à academia.

mm

Para recuperação dos músculos, aposte nos alimentos que contenham proteína, como carnes magras (frango e peixe), queijos brancos, leite e iogurte.

Alimentos que contenham Ômega 3 também são indicados para a recuperação de energia. Invista também em castanhas em geral, ovo, peixes, linhaça dourada, azeite extra virgem, gergelim. O Ômega 3 mantém a fluidez do sangue e com isso leva mais oxigênio para os músculos aumentando a força e diminuindo o risco de doenças como aterosclerose, colesterol ou infarto.

Para atividades muito longas e intensas (com mais de 1h de duração, como corrida, futebol, tênis), podem ser consumidos repositores hidroeletrolíticos para repor os estoques de carboidratos perdidos e para que não ocorra uma interrupção inesperada por fadiga.

Mencionei nesse post somente exemplos e combinações de alimentos, a quantidade irá depender de cada pessoa, tipo de treino e horário dos treinos. Por isso é importante procurar um profissional capacitado para indicar qual é a melhor combinação para você.

Não se esqueça: o consumo de líquidos é essencial antes, durante e após a atividade física!!!
É muito importante, pois durante a prática de qualquer atividade física, a temperatura do corpo se eleva. Para manter a temperatura ideal e recuperar seu equilíbrio, o corpo transpira e a perda de líquido por meio do suor é grande. A evaporação do suor elimina parte do calor e também substâncias importantes para o equilíbrio interno do corpo, como água e sais minerais. Por isso, precisamos repor essa perda e manter o bom funcionamento do organismo.

Dica de hidratação: Ingira 200 ml de água, a cada meia hora.

rodape_post

Compartilhar:

Pure C™ 5%: Emulsão Facial com Vitamina C Glicoestável.

Textura idêntica à pele graças aos seus componentes derivados da oliva e suas frações que hidratam, nutrem e protegem a pele, criando uma verdadeira “segunda-pele”.

Emulsão Facial com Vitamina C Glicoestável eficaz nos 3 tipos de rugas faciais e com ação em 5 pontos chaves do envelhecimento.

 

a

 

Eficácia

– 80% Firmeza da Pele

– 63% Eficácia Clareadora

– 90% de Hidratação da pele

– 87% Redução de Rugas

 

Propriedades

• Reduz Rugas;

• Eficácia Antioxidante;

• Aumenta a Firmeza da Pele;

• Promove Clareamento da Pele;

• Previne o Envelhecimento Cutâneo

 

Modo de Usar

Aplique no rosto pela manhã antes do protetor e à noite ou conforme orientação médica.

 

adfef

Compartilhar:
Perfil
Mona Lisa Bevilacqua

Empresária, Graduada em Farmácia Industrial, Pós-graduada
em Manipulação Magistral Alopática, MBA em
Cosmetologia e
com cursos de
cosméticos realizados
em Paris e Mônaco.
Saiba Mais
Chat Online
LiveZilla Live Chat Software
LiveZilla Live Chat Software
Horários de atendimento para Orçamento Online:
De seg. a sex. das 08h às 18h.
Sábado. das 08h às 13h.
Newsletter
Fique por dentro das novidades.
Loja Virtual
Mais Acessados


Contato

34 3331-0500
Avenida Santos Dumont, 1050
Uberaba / MG - CEP 38060-600
Sobre o Blog

Este é um canal de comunicação da Farmácia AcquaBella com todos os nossos públicos: Clientes, Colaboradores, Sociedade e Fornecedores.
Farmácia AcquaBella © Todos direitos reservados 2014.