11219103_932524186845846_5811339719916499541_n

 

Hoje, 07 de abril, é o Dia Mundial da Saúde. Como já diz o velho ditado: “prevenir é melhor que remediar” e a Farmácia Acqua Bella para comemorar esse dia lembra 12 hábitos rotineiros como práticas de boa saúde e qualidade de vida:

 

1) Coma bem: O abuso de alimentos ricos em gorduras saturadas, sódio e açúcares é um gatilho para doenças como infarto, derrames, hipertensão, obesidade, diabetes e até câncer. Em contrapartida, é fácil incluir no cardápio alimentos heróis da resistência e da longevidade. O consumo de oleaginosas (nozes, castanhas, avelãs, amêndoas e pistache), reduz o risco de males cardíacos entre 25% e 39%, quando consumidos cinco vezes por semana. Elas são ricas em gorduras boas, em especial o ômega 3, que diminuem as taxas de colesterol ruim e evitam a formação de placas de gordura que obstruem as artérias. O Centro de Pesquisas Médicas de Cardiff, no País de Gales, comprovou que vítimas de ataques cardíacos aumentaram as chances de evitar novos problemas em 29%, quando passaram a comer peixe pelo menos duas vezes por semana, graças a presença do ômega 3.

 

2) Durma bem: Reponha as energias do dia com uma boa noite de sono! Essa é a dica mais importante e essencial! Estudo da American Academy of Sleep comprovou que dormir bem é um dos segredos para a longevidade. Dos participantes da pesquisa, 46% relataram insatisfação com a saúde tendo má qualidade de sono. Uma outra pesquisa da Associated Professional Sleep Societies afirma que quem sofre de insônia crônica corre três vezes mais risco de morrer em comparação à pessoas que não sofrem com o problema. Para os pesquisadores, o ideal são pelo menos 7 horas e meia de sono por dia.

 

3) Pratique exercícios físicos: Os benefícios da atividade física para a saúde do organismo somam uma lista extensa. Dizer não ao sedentarismo significa afastar de perto doenças como a obesidade, hipertensão, doenças cardiovasculares, diabetes, hipertensão, além de dar mais disposição e energia. Para colher todos esses benefícios, basta andar. Uma pesquisa da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP), da USP, comprovou que a caminhada reduz a pressão arterial na primeira hora e, o que é melhor ainda, essa queda se mantém nas 24 horas subsequentes. O cérebro também fica mais afiado. Um estudo norte-americano recente, publicado na revista Neuroscience, mostrou que durante os exercícios o corpo produz uma substância que estimula o nascimento de novos neurônios, o que melhora nossas atividades cognitivas, em especial a memória.

 

4) Levante-se: A Sociedade Americana de Câncer descobriu que não é apenas a falta de atividade física que pode encurtar a vida, mas também a grande quantidade de tempo gasto sentado. Tudo porque quando ficamos frequentemente sentados e por muito tempo o nosso metabolismo se altera e influencia em fatores como colesterol alto e repouso da pressão arterial, que são indicadores da obesidade, problemas cardiovasculares e outras doenças crônicas. Por isso, nada de ver a vida passar da cadeira. “Para quem precisa trabalhar sentado, exercícios simples de alongamento vão trazer maior oxigenação e ajudar no reposicionamento do corpo para alcançar o equilíbrio postural”, ensina o fisiologista do esporte Raul Santo de Oliveira.

 

5) Coma o essencial: Uma alimentação equilibrada, rica em nutrientes, e a prática de exercícios físicos regulares vão te ajudar a manter o peso ideal. O sobrepeso e a obesidade, além de elevar os riscos de diabetes, derrame, hipertensão e apneia, estão por trás de 30% dos casos de câncer, de acordo com dados levantados pela União Internacional de Combate ao Câncer (UICC). Por isso, a regulação da dieta é fundamental. Além de melhorar a saúde e a autoestima, a perder peso também favorece a memória, segundo pesquisas feitas pelo Hospital das Clínicas, de São Paulo.

 

6) No stress: Apesar de não ser considerado doença, o estresse pode favorecer o aparecimento de doenças psico-fisiológicas e, por isso, precisa ser observado e controlado. “Quanto maior for o nível de estresse, maior será a deteriorização física e psicológica da pessoa”, mostra a psicóloga Sandra Leal Calais, da Unesp. O estresse também é fator de risco para os problemas do coração. Foi o que concluiu uma grande pesquisa feita em Campinas e São Paulo pela Secretaria do Estado da Saúde. Entre as mais de 100 mil pessoas analisadas, 46,8% sofriam algum tipo de estresse e tiveram seus níveis de problemas cardiovasculares aumentados.

 

7) Sorria!: Nada melhor do que o humor para combater os percalços que aparecem. O bom humor pode manter as pessoas saudáveis e aumentar as chances de uma vida longa, segundo estudo recente da Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia, que avaliou mais de 53 mil pessoas durante sete anos. Os pesquisadores descobriram, por meio de alguns testes, que os participantes que eram mais bem humorados tinham o risco de morte reduzido em até duas vezes. Para melhorar a sua atitude positiva diante da vida, aposte em uma breve caminhada em áreas verdes, como parques e jardins. Dez minutos bastam para melhorar significativamente a saúde mental, trazendo benefícios para o humor e para a autoestima.

 

8) Respire fundo: separar uns minutinhos para prestar atenção na respiração pode ser a receita ideal para combater os desgastes mentais e físicos e, até a insônia, aumentando assim a sensação de bem-estar. Um estudo da universidade de Johns Hopkins, nos Estados Unidos, mostrou que pessoas que apresentam sérias dificuldades para respirar durante o sono têm 50% a mais de chances de morrer antes que alguém da mesma idade que não sofre das mesmas condições.

 

9) Pare de fumar: O cigarro causa males terríveis ao organismo, mas também das pessoas ao redor. Um estudo da University College London, do Reino Unido, descobriu que a exposição à fumaça do cigarro dos outros pode aumentar em 50% os riscos de sofrimento psicológico. E outro estudo vindo do Canadá trouxe também que o fumo passivo está por trás do aumento de 40% dos casos de sinusite crônica. Portanto, o fumo passivo pode ser pior que a poluição. Mas, os fumantes precisam prestar atenção aos males do cigarro para o próprio organismo. Estima-se que cerca de 200 mil mortes por ano, no Brasil, são decorrentes do tabagismo, responsável pelos riscos aumentados de câncer de pulmão, de boca e doenças cardiovasculares.

 

10) Tenha bons amigos: Ter uma boa rede de amigos pode ser mais importante do que se imagina. Uma pesquisa recente da Universidade Brigham Young, nos EUA, descobriu que quem vive rodeado de amigos e vizinhos pode viver até 50% mais do que alguém que vive só. Para os pesquisadores, perder o apoio social pode diminuir ainda mais as chances de sobrevivência do que obesidade, fumo ou sedentarismo.

 

11) Amor e sexo: Ter uma vida sexual saudável também traz muitos benefícios à saúde. Um estudo realizado pela Universidade de Bristol, na Grã-Bretanha, sugere que fazer sexo com certa frequência diminui os riscos de infarto fatal. Mas, não é só isso não. Ter uma vida sexual ativa contribui para melhorar o humor, relaxar o corpo, melhora o aspecto da pele, aliviar o estresse e a TPM. Além disso, o relaxamento que o orgasmo traz contribui para que você durma melhor, e não apenas nos dias em que houver sexo. A reação tem efeito prolongado, devido a ação dos neurotransmissores que passam a agir no seu organismo com mais regularidade e numa quantidade maior.

 

12) Se goste: Trabalhe o seu autoconhecimento e sua autoestima para viver melhor. “O conceito que temos sobre nós mesmos é definidor de como nos colocamos e nos portamos na vida, define o valor que vamos dar a nossa pessoa, ao nosso trabalho, as nossas opiniões, as nossas vontades, e aos cuidados para o nosso corpo e nossa saúde. E isso faz toda a diferença. Por isso é essencial ter um bom referencial de si mesmo, saber reconhecer seus valores, suas qualidades, e não ficar só se criticando, se cobrando, focado apenas nas suas limitações e dificuldades”, explica o terapeuta Vicente Godinho.

 

Fonte: http://www.minhavida.com.br/

Compartilhar:

ENDO

 

ENDORFINAS é um neurotransmissor capaz de causar analgesia, felicidade, prazer e saciedade. Sua denominação se origina das palavras “endo” (interno) e “morfina” (analgésico).

As endorfinas foram descobertas em 1975. Foram encontradas 20 tipos diferentes de endorfinas no sistema nervoso, sendo a beta-endorfina a mais eficiente pois é a qual dá o efeito mais eufórico ao cérebro, composta por 31 aminoácidos.

Estudos recentes apontam que a endorfina pode ter tanto um efeito sobre áreas cerebrais responsáveis pela modulação da dor, do humor, depressão, ansiedade como pela inibição do sistema nervoso simpático (responsável pela modulação de diversos órgãos como coração, intestino etc…).

Beta-endorfina é um neurotransmissor endógeno encontrado tanto nos neurônios do sistema nervoso central quando nos do sistema nervoso periférico.

As endorfinas são liberadas no cérebro e quando atingem seu pico plasmático causa uma reação aguda de analgésia, por isso pessoas com lesões agudas graves raramente sentem dor nos primeiros minutos da fratura.

A liberação de beta-endorfinas provoca, além da ação analgésica, uma sensação de prazer e bem estar. Tem meia vida plasmática muito curta, de aproximadamente 20 minutos. Desta forma, é preciso criar mecanismos que aumentam a propagação dos efeitos da beta-endorfina.

Pessoas com dor crônica tendem a serem depressivas devido ao fato de que a dor constante diminui os níveis de endorfinas, diminuindo também os níveis de outros neurotransmissores, aumentando a sensibilidade a dor.

Alimentos prazerosos como ricos em gordura, carboidratos e açucares estimulam a liberação de beta-endorfinas no sistema límbico por isso pessoas obesas sentem muito prazer ao ingerir esses alimentos. Outra forma de liberação de beta-endorfinas está no ato sexual e a exposição ao sol através do aumento de liberação de POMC. Também por esse motivo as pessoas são mais alegres nas estações mais quentes do ano e durante o dia.

Tudo que aumenta a liberação de endorfinas dá sensação de prazer e bem estar e é viciante, por isso existem pessoas viciadas em atividade física, sexo, alimentos ricos em gordura, carboidrato, açucar, chocolate, sol e etc. Resumindo o aumento da liberação de endorfinas, diminui a percepção de dor e diminui a busca por produtos que trazem satisfação.

Nos tempos de hoje percebe-se um aumento de estress populacional e com isso cada vez mais as pessoas buscam uma válvula de escape em coisas ou situações que trazem prazer, danosas ou não a saúde. Estamos vivendo uma época em que está aumentando cada vez mais o índice de obesos, pessoas com depressão e dores crônicas.

Com isso, temos no mercado diversas substâncias capazes de aumentar a liberação de endorfinas e de impedir a sua catalisação, sendo a maioria delas aminoácidos, mas importante ressaltar que mesmo sendo aminoácidos que está presente nos alimentos, muitas das vezes é necessário uma suplementação prescrita e acompanhada por um médico, pois deverá ser feita uma avaliação do paciente para determinar o melhor tratamento, por isso dito no título do artigo endorfinas um “coadjuvante” no tratamento da dor, depressão e obesidade, essas substâncias deverão ser prescritas sempre associadas  para melhor eficácia no tratamento de acordo com o objetivo e o quadro clínico do paciente.

Mona Lisa Bevilacqua

Compartilhar:

creatinol

Creatinol – O – Phosphate: A evolução da creatina em função da baixa toxicidade e maior eficácia

Substância análoga à creatina mantém a integridade e a estabilidade dos músculos. A creatina é convertida em creatinina, que auxilia o crescimento muscular aumentando a massa e tônus muscular por estimular suas fibras.

 

Diferenciais Exclusivos

  • Análogo a creatina;
  • Aumenta a resistência ao treino;
  • Auxilia a contração muscular;
  • Propriedades antiarrítmicas.

 

Vantagens do Creatinol-O-Phosphate em relação a Creatina:

– Molécula análaga a creatina diferenciada, mais segura e estável;

– Mantém a integridade do sarcolema;

– Reduz a sobrecarga de Cálcio e Magnésio;

– Reduz a perda da creatina fosfoquinase;

– A creatina fosfoquinase participa de ATP;

– Estimula a contratilidade cardíaca.

 

Propriedades:

A integridade e estabilidade estrutural do Creatinol-O-Phosphate é mantida nos músculos não sendo catabolizada nos processos de cclização. Isto ocorre quando a Creatina é convertida em creatinina, uma substância que não auxilia no crescimento muscular.

Creatinol-O-Phosphate auxilia no ganho de força, contratilidade,flexibilidade e aumento da musculatura estimulando as fibras musculares. também é uma substância cardioprotetora que previne o organismo de arritmias.

 

Mecanismo de Ação:

Creatinol-o-Phosphate é uma molécula absorvida no intestino, cai na circulação sanguínea e através de transportadores e levada para dentro da célula. Auxilia na regeneração rápida de ATP (molécula de energia), assim COP é uma reserva de energia rápida nos músculos. Mantém a integridade estrutural do sarcolema desempenhando um papel essencial na estimulação que consegue suportar a fadiga muscular. Reduz a sobrecarga de cálcio e magnésio, reduz a perda de creatina fosfoquinase (CPK), através da membrana plasmática. A CPK é uma enzima essencial para a síntese de ATP a partir de fosfocreatina anaeróbia. A membrana do sarcolema reforçada auxilia a melhorar o desempenho do exercício físico.

 

Contra-indicações

Não há contra-indicações e reações adversas até o momento nas literaturas pesquisadas, mas é sempre aconselhável consultar um profissional especializado à prescrição.

 

musculos

Compartilhar:

fadiga

 

 

Atualmente é comum nos queixarmos de desânimo sem explicação ou falta de motivação para tarefas do cotidiano. De origem emocional ou física, ela pode atingir crianças e adultos o que compromete o desempenho na escola, no trabalho e nas relações interpessoais do dia a dia, tornando todas as atividades antes prazerosas, em obrigações desgastantes e chatas. Com a correria do cotidiano, é cada vez mais comum que as pessoas realizem refeições cada vez mais rápidas e com poucos nutrientes, sendo essa também uma causa das alterações do funcionamento do organismo, o que pode desencadear outras doenças como hipertensão, fobias e ansiedade, problemas cardíacos e gastrite.

 

Um Polivitamínico bem elaborado auxilia nos sintomas caso esse cansaço ocorra devido a deficiência de micronutrientes, como vitaminas, minerais ou aminoácidos. Dentro de uma formulação para atuar como suplemento podemos destacar:

 

– Piridoxina – Vit B6

– Tiamina – Vit B1

– Riboflavida – Vit B2

– Cianocobalamina – Vit B12

– Nicotinamida

-Vitamina E

-Vitamina C

– Cobre

– Pantotenato de Cálcio

– Zinco quelado

– Ginseng

– Guarana

– Ácido Fólico

– Sulfato de Zinco

 

Lembrando que um polivitaminico não substitui uma alimentação balanceada, porém em alguns casos é necessario essa suplementação pois a deficiência

 

  • Falha de memória
  • Insônia
  • Irritabilidade e choro com facilidade
  • Desânimo
  • Tristeza e angústia
  • Azia, má-digestão
  • Palpitação
  • Diminuição do desejo sexual.

 

Tratamento
Relaxar é o lema para curar a estafa. “Muitas vezes o tempo que se ‘perde’ indo ao cinema ou em um parque, por exemplo, é um ganho de saúde e bem-estar. É melhor parar agora do que perder o controle depois”, alerta o fisiologista.

  • Saiba aproveitar os momentos de lazer
  • Converse sobre os problemas com os amigos ou com um profissional
  • Cultive o bom humor
  • Aprenda a relaxar
  • Não faça várias tarefas ao mesmo tempo
  • Procure resolver um problema de cada vez
  • Organize suas prioridades
  • Não leve preocupações do trabalho para casa.

 

Doenças desencadeadas pela estafa

  • Hipertensão arterial (pressão alta)
  • Doenças emocionais (ansiedade, pânico, fobias)
  • Doenças gastrointestinais (colite, gastrite e úlcera)
  • Doenças do coração (arritmia, angina e infarto).

 

maioria das pessoas com cansaço prolongado, fadiga, exaustão, estafa e esgotamento tem

 

  • Seus níveis de atividade geral bastante prejudicado,
  • Depressão mesmo que em níveis discretos,
  • Sono insatisfatório e, devido ao seu estado geral,
  • Maior dificuldade em lidar com situações estressantes da vida.

 

Outros sintomas incluem:

– Grande cansaço, fadiga, exaustão ou esgotamento,como se suas energias tivessem sido sugadas,

– Ter que aumentar o esforço para tentar manter o mesmo nível de ânimo e força que tinha anteriormente,

– Perceber que ocorreu uma significativa queda ou mesmo perda de suas capacidades de trabalho, sociais, de relacionamento e de lazer.

 

Algumas pessoas conseguem lembrar com exatidão quando a fadiga começou, mas várias outras não conseguem precisar. Em geral o quadro é progressivo, intercalando períodos de grande cansaço e mal estar com períodos de calmaria, com saúde relativamente boa.

 

Compartilhar:

Os hormônios da gravidez tornam a pele mais sensível ao Sol e ao aparecimento de manchas permanentes e temporárias. A associação de clareadores e protetores solares é fundamental para o tratamento do melasma nesse período. O ideal é utilizar produtos que não apresentam risco para as gestantes e para o bebê, como os “hydroquinone free” e que não contenham ácido retinóico.
A linha Dual Clear é formulada com ingredientes suaves e delicados, que tratam e respeitam a pele, sem agredi-la, além de serem submetidos a testes clínicos de irritação e alergia, o que os torna adequado para peles sensíveis e com necessidades especiais, como é o caso das gestantes.

Para garantir a sua segurança, recomendamos que haja um acompanhamento e avaliação de um médico dermatologista.

Manchas escuras são decorrentes da produção irregular de melanina naa pele. Com o passar dos anos a pele perde progressicamente a sua luminosidade natural tornando-se áspares, escurecida e sem vida.

Dual Clear é formulado com um combinação inédita de substâncias que agem de maneira muito eficaz no controle da produção de melanina. Sao substâncias que atuam de maneira inovadora em todas as etapas do processo de formação de manchas, como a inibição da enzimas tirosinase e da endotelina-1, importantes fatores envolvidos na produção de melanina.

Benefícios

– 73% Clareamento das Manchas

– 82% Pele Mais Rejuvenescida

– 91% Melhora na Aparência Geral da Pele

– 91% Hidratação da Pele

Contém: Alpha-Arbutin, Endoxyl IN1, Alfa-bisabolol e Lipoascorbil

Indicação: Peles com manchas e sujeitas aos danos causados pela exposição solar.
Resultados: 73% clareamento das manchas e 91% de melhora na aparência geral da pele
Textura: Leve, rapidamente absorvido, de fácil aplicação e não oleoso.

Segurança: Hydroquinone-free e paraben-free. Não testado em Animais.
Dermatologicamente Testado.

gestante

Compartilhar:

12744464_894799053951693_7857366662250554671_n

Farmácia Acqua Bella lança repelente contra Aedes aegypti, seguro para uso em gestantes e crianças acima de seis meses

 

IR3535: Repelente de Insetos com ampla eficácia e segurança toxicológica. O REPELENTE MERCK IR 3535® é uma alternativa aos produtos anteriores. Disponível desde 1980, sua estrutura química é baseada em uma substância natural (beta-alanina). Ele é ativo contra mosquitos, moscas, carrapatos, piolhos, vespas, abelhas.

 

Sua eficácia é totalmente comparável à do DEET, mas ele tem um perfil toxicológico muito mais interessante e boas propriedades cosméticas. O REPELENTE MERCK IR 3535® é efetivo contra diversos tipos de mosquitos (Anopheles gambiae, Anopheles funestus, Aedes aegypti, Aedes albopictus), piolhos (Pediculus humanus), carrapatos (Ixodes scapularis, Ixodes ricinus), moscas (Stomoxys calcitrans, Simulidae, Tabanidae, Musca domestica), vespas (Polistes galliens) e abelhas (Apis mellifera).

 

O REPELENTE MERCK IR 3535® teve sua eficácia comprovada em testes laboratoriais e de campo descritos abaixo. Além disso, sua segurança foi provada em extensivos estudos toxicológicos (toxicidade aguda, irritação aguda, sensibilização, exposição repetida, genotoxicidade, reprotoxicidade, ADME (absorção, distribuição, metabolismo e excreção). Existem diversos produtos de mercado que utilizam esta substância, como por exemplo: Avon Bronze e Skin So Soft (Avon), Pick-out (Vichy), Apresfluid mit Muckenschutz (Beiersdorf), Baby clear lotion (J&J), entre outras.

 

USO EM CRIANÇAS: pode ser usado em formulações somente para crianças com idade maior que seis meses.

 

“IR 3535 (3-[N-acetyl-N-butyl]-aminopropionic acid ethyl ester): é um biopesticida sintético com estrutura química semelhante ao aminoácido alanina, disponível na Europa há mais de 20 anos. Em concentração de 20%, é eficaz contra Anopheles e Aedes por um período de quatro a seis horas. Pode ser usado por gestantes, pois possui bom perfil de segurança. Na França, é recomendado apenas para crianças acima de 30 meses.
Estudo desenvolvido no Brasil comparou o IR3535 e o KBR 3023 a 10 e a 20%, verificando-se uma média de proteção até a primeira picada de Aedes aegypti de seis horas (mínimo de cinco horas e 20 minutos), sem diferença significante entre os produtos. Comparado ao DEET, o IR3535 foi igual ou superior na proteção contra duas espécies de flebótomos.”

 

Anvisa não vê restrições no uso de repelentes por gestantes

 

No Brasil são utilizadas em cosméticos as substâncias repelentes Hydroxyethylisobutylpiperidinecarboxylate (Icaridin ou Picaridin) e Ethylbutylacetylaminopropionate (EBAAP ou IR 3535), além de óleos essenciais, como Citronela. Embora não tenham sido encontrados estudos de segurança realizados em gestantes, estes ingredientes são reconhecidamente seguros para uso em produtos cosméticos conforme compêndios de ingredientes cosméticos internacionais.

 

Fonte:

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-05822009000100013

http://portal.anvisa.gov.br/wps/content/anvisa+portal/anvisa/sala+de+imprensa/menu+-+noticias+anos/2015/anvisa+nao+ve+restricoes+no+uso+de+repelentes+por+gestantes

 

Compartilhar:

mairaaa

 

 

O que é candidíase?

Candidaalbicans é um fungo que causa um tipo de micose chamada candidíase. Ela é muito frequente entre as mulheres com idade reprodutiva, afetando 75% das mulheres (ou seja, três em cada quatro mulheres terão um episódio de candidíase em algum momento de suas vidas). Cerca de 40 a 50% terão recorrência e 5% terão recidivas crônicas. Podem ocorrer também em homens e apesar de um parceiro poder contaminar o outro, a candidíase NÃO é considerada como uma DST (Doença Sexualmente Transmissível), isto porque pode ocorrer em pessoas que nunca tiveram relação sexual.

 

A população desse fungo na flora vaginal ocorre em certa quantidade normalmente, porém em certas situações essa população de fungos pode crescer e causar a infecção e os sintomas. Os fatores individuais predisponentes à multiplicação do fungo são:

– defesas vaginais vulneráveis (como uso de duchas vaginais higiênicas e desodorantes íntimos),

– vestuário inadequado (roupas íntimas úmidas por tempo prolongado, biquínis, calça jeans justa),

– queda no sistema imunológico do organismo (situações como gravidez, diabetes mellitus, uso de alguns medicamentos como antibióticos de largo espectro e imunossupressores),

– mudanças bruscas na alimentação ou até estresse e cansaço.

 

Quais são os sintomas?

Os sintomas são bastante desagradáveis, sendo eles: corrimento esbranquiçado (em placa, aderente, com aspecto de leite coalhado), prurido (coceira) na vagina e no canal vaginal, irritação na vagina e nos lábios vaginais (levando à vermelhidão e escoriações na região vulvar). Estes sintomas geralmente surgem ou se intensificam na fase pré-menstrual, podendo ser acompanhados de dor e ardor ao urinar e dor na relação sexual.

 

O diagnóstico pode ser feito pela clínica ou por exame microscópico. Nos casos de recidivas frequentes, devem-se sempre afastar os fatores predisponentes ou excluir a possibilidade do parceiro sexual estar infectado.

 

Quais são os tipos de tratamentos?

O tratamento é feito com medicamentos de uso local (pomadas externas, banhos de assento ou cremes vaginais) ou via oral. Os tratamentos vaginais proporcionam alívio mais rápido que os orais.

 

No mercado existem tratamentos dose única, com produtos pequenos, de posologia mais cômoda e fáceis de aplicar, e produtos de uso prolongado (7 a 14 dias). No entanto, todos eles precisam de indicação médica.

 

Dicas para se prevenir:

Mudança de hábitos podem diminuir os surtos e aliviar os sintomas da candidíase, entre eles: vestuário íntimo e geral adequado (evitar roupas justas ou sintéticas), evitar vestimentas molhadas por tempo prolongado (ex.: biquínis), hábito higiênico correto (evitar duchas vaginais ou desodorantes íntimos), prefira papel higiênico branco e sem perfume, não utilize sabonetes ou cremes vulvovaginais que não respeitem o pH, evitar uso indiscriminado de antibióticos e corticoides, identificar e corrigir fatores predisponentes. Banhos de assento com solução de bicarbonato de sódio podem auxiliar no tratamento.

 

O parceiro deve ser tratado sempre que apresentar sintomas (ardor ou prurido).

 

Por: Dra. Tânia Maria Oliveira 

Compartilhar:

epi

 

EPIfactor® trata-se de uma substância ativa bioidêntica, de natureza peptídica (Epidermal Grow Factor-EGF). Sua cadeia composta por 53 aminoácidos é obtida por processo biotecnológico de fermentação, através da bactéria E.Coli. No organismo humano, está presente de forma natural em trombócitos, macrófagos e fluidos (plasma, urina, saliva e leite).

EPIfactor® atua em nível celular através de sua interação com receptores EGF-R do tipo tirosina quinase, dando lugar a uma cascata de sinalização que resulta em uma sucessão de alterações bioquímicas. Em nível cutâneo, seus efeitos se traduzem na proliferação de queratinócitos, estimulação da angiogenese e ativação da função dos fibroblastos com aumento dos níveis de acido hialurônico, colágeno e elastina endógenos. EPIfactor® é capaz de melhorar a capacidade de recuperação da pele resultando em menor flacidez, menos rugas e hidratação profunda. Também age especialmente na recuperação cutânea em feridas e demais procedimentos possivelmente agressivos para pele. Pode-se dizer que sua ação principal é como regenerador tecidual.

Aplicações:

O Fator de Crescimento Epidérmico (EGF) apresenta evidência de efeitos benéficos em várias doenças e complicações cutâneas (primário, secundário de tratamento e/ou preventiva) na cicatrização de feridas traumáticas ou cirúrgicas, feridas, cicatrizes de laser anormais, dermatite ou alopecia por radiação ou quimioterapia, hiperpigmentação pós-inflamatória ou para reparar danos causados por idade.

A partir dessas aplicações confirmadas em estudos, podemos indicar EPIfactor® para:

–  Tratamento pós-laser/Peeling/implantes.

–  Tratamentos pré-procedimentos e cirurgias (preparação cutânea).

–  Regeneração cutânea em cicatrizes/ feridas/ queimaduras.

–  Prevenção de queloides.

–  Prevenção e tratamento de estrias.

–  Melhora de lesões de acne.

–  Tratamentos anti aging em geral.

 

Fonte: www.epitelizando.com.br

Compartilhar:

 

lacti

 

Os Lactobacillus estão na moda e não é por acaso: estudos científicos comprovam sua eficácia em diversas patologias. Eu, particularmente adoro a terapia combinada (o pool de lactobacillus) para diversos casos. Hoje irei falar um pouco sobre o Lactobacillus Johnsonni.

 

Probióticos são micro-organismos que ao serem administrados em quantidades adequadas, conferem benefícios para a saúde do hospedeiro. Eles são utilizados na prevenção e no tratamento de algumas patologias, como infecções do intestino, estômago e também melhora a imunidade do organismo. Um dos melhores efeitos descritos do Lactobacillus johnsonii é o reforço que ele confere à barreira gastrintestinal contra patógenos e substâncias tóxicas presentes no lúmen. Os fatores que contribuem para esse efeito protetor são a liberação de substâncias antibióticas, a competição por nutrientes com patógenos e sítios ecológicos e a estimulação do sistema imune.

 

DADOS CIENTÍFICOS DOS BENEFÍCIOS DO LACTOBACILLUS JOHNSONII:

 

 

MELHORA DA FLORA INTESTINAL: Estudo demonstra que a administração de L. Johnsonii melhora a microflora intestinal através de modificação do ambiente fecal, com o aumento de Lactobacillus e redução de Clostridium; aumento da concentração de ácido láctico e redução do pH3;

 

MELHORA A IMUNIDADE: Os probióticos têm potencial para melhorar a imunidade. Estudo que avaliou o efeito da administração de Lactobacillus johnsonii em idosos demonstrou que este contribui para supressão de infecções por melhorar o estado nutricional e imunológico neste tipo de população;

 

PREVINE E COMBATE À HELICOBATER PYLORI: Vários estudos in vitro mostram que os Lactobacillus inibem ou matam o H. pylori, evitando sua adesão nas células epiteliais e a liberação de IL-8. Além disso, ensaios clínicos também têm demonstrado que o pré-tratamento com probióticos, incluindo L. johnsonii, pode prevenir infecções com H. pylori e/ou que a sua administração marcadamente reduz uma infecção existente. Em crianças, também foi demonstrado que ao regular administração de L. johnsonii modula-se a colonização de H. pylori;

 

MANUTENÇÃO DO MELASMA: Estudo que avaliou a eficácia da associação de L. johnsonii, beta-caroteno e licopeno demonstrou que o uso desta associação juntamente à aplicação de filtro solar é eficaz no tratamento do melasma, proporcionando visível redução da hiperpigmentação cutânea;

 

REDUZ DANOS DA RADIAÇÃO CAUSADOS NA PELE: O L. johnsonii têm demonstrado proteger a homeostase do sistema imunológico da pele após exposição a radiação ultravioleta (UV). Estudo que avaliou a administração da combinação de L. johnsonii e carotenoides (beta-caroteno e licopeno) demonstrou que esta combinação reduz o dano à pele induzido pela radiação UV, sugerindo ação benéfica sobre o fotoenvelhecimento da pele;

 

“É recomendado a indicação de um profissional habilitado”

 

Fonte: http://www.lemma.com.br/sites/default/files/exclusividades/documentos/lactobacillus_johnsonii_04.2014.pdf

Compartilhar:

tpm

 

A tensão pré-menstrual (conhecida pela sigla TPM) é o período cíclico que precede a menstruação. Nesse intervalo, é comum entre as mulheres sintomas psíquicos e físicos, desaparecendo logo no primeiro dia de fluxo menstrual. Em algumas mulheres, os sintomas seguem até o fim do fluxo.

 

A TPM é diagnosticada como uma síndrome que atinge mulheres e que ocorre, em maior ou menor grau, nos dias que antecedem a menstruação. A Organização Mundial de Saúde ainda não reconheceu a tensão pré-menstrual (TPM) como uma entidade patológica, mas reconhece sua existência e a classifica como uma síndrome que envolve não apenas o lado emocional, como também os sintomas físicos.

 

A principal causa da TPM é a alteração hormonal feminina durante o período menstrual, que interfere no sistema nervoso central, como se houvesse uma conexão entre os hormônios sexuais femininos, as endorfinas (substâncias naturais ligadas à sensação de prazer), e os neurotransmissores, como a serotonina. Importante ressaltar que a síndrome acompanha a menstruação normal da mulher.

 

A lista de sinais e sintomas é extensa, porém as mulheres que sofrem com esse problema normalmente não apresentam todos os desconfortos de uma só vez, isso devido a variação individual de cada uma. Dentre esses sinais e sintomas podemos listar:

 

  • Alteração nos hábitos intestinais;
  • Dores generalizadas, incluindo cólicas;
  • Náuseas;
  • Acne;
  • Ganho de peso (devido à retenção de líquido);
  • Inchaço abdominal;
  • Inchaço nas extremidades do corpo, como mãos e pés;
  • Sensibilidade e inchaço em mamas;
  • Raiva sem razão;
  • Sentimentos perturbadores;
  • Pouca concentração;
  • Baixa autoestima;
  • Sentimentos violento;
  • Compulsão por doces ou salgados;
  • Dores de cabeça;
  • Ansiedade;
  • Dificuldade para dormir;
  • Irritabilidade;
  • Alterações de humor.

 

 

Para amenizar esses sintomas, GAMAVIT é uma opção para aquelas que sofrem com esse problema.  São cápsulas oleosas compostas de óleo de borragem e óleo de prímula e como benefício podemos citar:

 

  • Fonte de Ômega 3 (Alfa-linolênico) e 6 (Ácido Linoléico);
  • Melhora os sintomas da TPM (tensão pré-menstrual);
  • Atenua os sintomas da menopausa;
  • Auxílio na melhora de hidratação e elasticidade e beleza da pele;
  • Tratamento e prevenção de doenças de pele.

 

 

Procure um profissional habilitado para maiores informações.

Compartilhar:
Perfil
Mona Lisa Bevilacqua

Empresária, Graduada em Farmácia Industrial, Pós-graduada
em Manipulação Magistral Alopática, MBA em
Cosmetologia e
com cursos de
cosméticos realizados
em Paris e Mônaco.
Saiba Mais
Chat Online
LiveZilla Live Chat Software
LiveZilla Live Chat Software
Horários de atendimento para Orçamento Online:
De seg. a sex. das 08h às 18h.
Sábado. das 08h às 13h.
Newsletter
Fique por dentro das novidades.
Loja Virtual
Mais Acessados


Contato

34 3331-0500
Avenida Santos Dumont, 1050
Uberaba / MG - CEP 38060-600
Sobre o Blog

Este é um canal de comunicação da Farmácia AcquaBella com todos os nossos públicos: Clientes, Colaboradores, Sociedade e Fornecedores.
Farmácia AcquaBella © Todos direitos reservados 2014.