PHLORETIN

Phloretin é um cosmecêutico consagrado com teor mínimo de 98% de grau de pureza, proveniente de casca da maçã que protege a pele contra danos causados pela radiação UV como o estresse oxidativo, assim melhora pigmentação, firmeza, textura e favorece a renovação celular e mantém a integridade da pele.

 

Phloretin® – Dermocosmético fantástico e booster da lidocaína.

Phloretin® é um ativo cosmético derivado da casca da maçã e que atua sobre a pele sob diversos mecanismos:

1 – Reduz a formação de rugas, tanto pelos seus efeitos antioxidantes quanto pela redução das elastases e colagenases;

2 – Essas enzimas na pele, mais elastina e colágeno, sobram para preencher as rugas (mecanismo 2×1);

3 – Previne na formação das manchas, promovendo o clareamento cutâneo;

4 – Aumenta a permeação da lidocaína em até 1,76 vezes (76% mais lidocaína permeando e funcionando na pele).

 


18581920_1792048447478075_1706206653799139189_n

 

Age no fotoenvelhecimento;

Efeito fotoprotetor ao DNA.

Diminui as linhas de expressão e rugas;

Previne os danos causados por radicais livres;

Aumenta a firmeza e a luminosidade da pele;

Reduz a hiperpigmentação cutânea.

 

PROPRIEDADES

A pele é o revestimento entre o organismo e o meio externo, é exposta a uma variedade de substâncias e poluentes. O seu processo de envelhecimento é complexo e progressivo e suas causas são intrínsecas (mecanismo genético) e extrínsecas (fatores ambientais). Ambos processos biológicos são diferentes, porém se combinam e levam a alteração cutâneas associadas ao envelhecimento da pele. Por isso, apresenta um elaborado sistema antioxidante que a protege contra os danos oxidativos. No entanto, esse sistema de proteção pode ser sobrecarregado ou comprometido favorecendo o processo de envelhecimento da pele.

A luz ultravioleta (UV) é capaz de penetrar a epiderme causar várias desordens, como danos ao DNA direta e indiretamente comprometendo a integridade da pele. A radiação UV pode ser responsável por situações como rugas, ressecamento, hiperpgmentação cutânea, queimaduras solares, inflamação, danos ao DNA e apoptose. A exposição crônica e repetitiva da radiação UV aumenta os níveis de espécies reativas de oxigênio (ROS), os quais causam danos aos lipídios, proteína e ácido nucléico, contribuindo dessa forma para o processo prematuro de fotoenvelhecimento, supressão do sistema imune e pode causar carcinogenese na pele.

Antioxidante como flavonóides e compostos polifenólicos tem sido ultilizados como protetores contra os danos causados pela radiação UV, favorecendo a melhora da integridade da pele.

Phloretin é conhecido por suas propriedades biológicas antioxidantes, antimicrobiana, antitumoral e sua atividade anti-inflamatória. Phloretin atenua a inflamação por ser um antagonista a prostaglandinas, protege a pele dos danos induzidos pela radiação UV, além disso apresenta uma boa penetração na derme melhorando permeabilidade do ativo na pele.

MECANISMO DE AÇÃO

Phloretin é um polifenoldiidroalcona encontrado na casa da maça que apresenta uma excelente capacidade antioxidante para radicais livres e prevenção de lipoperoxidação. Phloretin inibe a ação da MMP-1 (metaloproteína-1 da matriz) e elastase em degradar o tecido conjuntivo em especial o colágeno. Além disso, inibe a atividade da tirosinase nos melanócitos humanos, sendo um ótimo produto para atenuar o fotoenvelhecimento e as desordens da pigmentação da pele.

O resultado obtido demonstrou que phloretin tem a capacidade de inibir a enzima elastase e MMP-1, sugerindo sua atividade para o fotoenvelhecimento.

Uma pesquisa avaliou a efeito de phloretin combinando a outros antioxidantes para atenuar os efeitos danosos provenientes da radiação ultravioleta. Foram selecionados 10 voluntários com idades entre 18 e 60 anos e foram randomicamente divididos, um grupo aplicou o produto e o outro o placebo na região da nuca por dias. No terceiro dis determinou a dose mínima de eritema (MED) em 6 diferentes áreas das costas dos indivíduos. No quarto dia determinou MED após estímulos de radiação UV. No quinto dia foram coletados materiais análise morfológica e imunoistoquímica avaliou a formação de eritema, as células afetadas por queimadura proveniente a radiação UV, os dímeros de timina que releva, alterações importantes ao DNA, p53 proteína induzida em resposta ao dano ao DNA, MMP-9 (metaloproteinase 9 da matriz) e as CD1a células de langerhans.)

Após a exposição a radiação UV houve um aumento significativo nas células om danos de queimadura, na formação de dímeros timina, na expressão de MMP-9 e de p53. No entanto, esses danos foram amenizados quando ultilizou o Phloretin, observou, observou também o bloqueio do efeito imunossupressor nas células CD1a quando pre-tratadas com Phloretin.

Após 4 semanas de tratamento observou uma melhora na textura e luminosidade da pele. O uso contínuo demonstra um aumento da firmeza da pele e diminuição da hiperpigmentação, rugas e linhas de expressão.

REAÇÕES ADVERSAS E CONTRA-INDICAÇÕES: não há relatos até o momento, nas literaturas pesquisadas, mas é sempre aconselhável consultar um profissional especializado à prescrição.

 

Compartilhar:
Perfil
Mona Lisa Bevilacqua

Empresária, Graduada em Farmácia Industrial, Pós-graduada
em Manipulação Magistral Alopática, MBA em
Cosmetologia e
com cursos de
cosméticos realizados
em Paris e Mônaco.
Saiba Mais
Chat Online
LiveZilla Live Chat Software
LiveZilla Live Chat Software
Horários de atendimento para Orçamento Online:
De seg. a sex. das 08h às 18h.
Sábado. das 08h às 13h.
Newsletter
Fique por dentro das novidades.
Loja Virtual
Mais Acessados


Contato

34 3331-0500
Avenida Santos Dumont, 1050
Uberaba / MG - CEP 38060-600
Sobre o Blog

Este é um canal de comunicação da Farmácia AcquaBella com todos os nossos públicos: Clientes, Colaboradores, Sociedade e Fornecedores.
Farmácia AcquaBella © Todos direitos reservados 2014.