post-64-1

 

A pele desempenha um papel de grande importância tanto na estética como na saúde. É o espelho do estado da saúde do organismo, possuindo função de barreira física e imunológica no que diz respeito às agressões externas.

 

O envelhecimento cutâneo é uma parte do processo de envelhecimento global do organismo no qual a hereditariedade e diversos fatores externos exercem variações às vezes muito grandes entre os indivíduos. Constata-se uma heterogeneidade muito grande dos sinais cutâneos do envelhecimento.

 

A exposição solar é um dos principais fatores de aceleração do envelhecimento cutâneo, sendo caracterizado essencialmente por rugas e pela elastose. As outras manifestações são: pigmentação cutânea, secreção sebácea, a microvascularização e o relevo cutâneo quando a pele perde a sua textura ao toque. Estas manifestações variam de acordo com os indivíduos, o grau de dano actínico, a topografia corporal e fototipo cutâneo.

 

O envelhecimento cutâneo resulta de uma sucessão de círculos viciosos onde se misturam fenômenos repetitivos como o estresse oxidativo, a glicação protéica e a deterioração da matriz extracelular.

 

O processo de envelhecimento refere-se igualmente ao componente celular do tecido conjuntivo (alterações das enzimas celulares, do DNA e das membranas) e aos constituintes da membrana extracelular. A degradação dos proteoglicanos, dos glicosaminoglicanos, da reticulação das fibras de elastina que conduzem à perda da elasticidade da pele, “consequência mecânica” do envelhecimento e o acúmulo de alterações idade-dependentes, são particularmente sensíveis para os constituintes fibrosos, cuja taxa de renovação é fraca, onde ocorre uma pertubação na organização da matriz extracelular e desempenha um papel importante na metabolização do envelhecimento.

 

O lado bom desse inevitável acontecimento é que temos no mercado disponível os nutricosméticos, substâncias de uso oral, capazes de controlar esse fenômeno e retardar o seu processo, além é claro de produtos de uso tópico.

 

Exsynutriment: Efeito lifting oral, alta hidratação cutânea, fortalecedor de unhas, cabelos mais resistentes e espessos, aumento da síntese de colágeno e elastina, manutenção da elasticidade das paredes dos vasos sanguíneos e do miocárdio, potencializa a fixação do cálcio no tecido ósseo.

 

Bio Arct: Bioenergizante mitocondrial que estimula a síntese de ATP na mitocôndria, protege a pele durante condições externas, estimula as defesas naturais da pele, melhora o fluxo sanguíneo, ajuda no rejuvenescimento sistêmico, possui ação anti-inflamatória, ação detoxificante e protetor do DNA.

 

Glycoxil: Antiglicante (previne a glicação), antiglicoxidante (impede o efeito sinérgico de glicação e oxidação, no caso, de colágeno e elastina), transglicante (reverte a glicação), diminui a fadiga neuromuscular, suplementação nutricional esportiva.

 

*Nenhum medicamento deve ser tomado sem a orientação de um profissional habilitado*

Compartilhar:

post-63

 

HAIRLLUX é um equipamento de uso domiciliar que contém na sua face interior 198 micro-fontes de luz com propriedades físicas especiais. Está indicado como cuidado auxiliar para pessoas que tenham afinamento dos cabelos, perda do brilho, perda de volume, perda natural dos cabelos relacionada à idade, canice (branqueamento), ou simplesmente para melhorar a aparência dos cabelos normais.

 

HAIRLLUX e sua estrutura interna foram projetados de forma a ser muito discreto, confortável, perfeitamente adaptável ao couro cabeludo e o grande número de fontes de luz garantem uma dispersão homogênea de toda região tratada.

 

O número e a disposição das micro-fontes foi calculado para que as 5 regiões que são mais afetadas pela alopecia androgenética (queda dos cabelos que normalmente acompanha o envelhecimento masculino e feminino) recebam quantidade adequada de luz. Estas regiões são denominadas de vértice, região frontal, região central e laterais.

 

HAIRLLUX contém um temporizador que desliga o aparelho após cerca de 12 minutos para assegurar a dose correta de luz necessária para uma sessão de aplicação. Cada aplicação representa aproximadamente 5 J / cm2. Deve ser usado uma vez por dia durante pelo menos 60 a 90 dias. Pode ser associado a tratamentos cosméticos ou medicinais com os mesmos objetivos mas não trata patologias (doenças) dos cabelos ou do couro cabeludo. Na dúvida, fale com seu médico.

 

Esse produto respeita as normas de segurança em saúde: RDC59; 2000, NBR IEC 60 601 – 1, NBR IEC 60 601 – 1 -2, NBR IEC 13485. Não tem risco de choque elétrico e não provoca aumento da temperatura (pode haver variação de 2 a 3 graus na temperatura do couro cabeludo no final de cada sessão).

 

HAIRLLUX foi desenvolvido baseado nos princípios da LLLT (Low Level Laser Terapy) amplamente citado na literatura científica. Este preceito mostra que a luz, sempre em pequena quantidade (0,3 a 60 Joules por sessão de tratamento) e em comprimentos de onda bem específicos (vermelho e infravermelho próximo) tem uma ação fotoquímica que afeta a permeabilidade da membrana celular, estimula as mitocôndrias a produzirem ATP, provém mais energia à célula que por sua vez fica em condição otimizada de realizar suas funções.

 

Graças a estes efeitos, a LLLT pode atuar como auxiliar no tratamento de dor crônica, diminuir os processos inflamatórios, acelerar processos de cicatrização, promover aumento da circulação dentre outras ações. Como não há aumento de temperatura, não há nenhum dano celular. Há inúmeras citações científicas de seu uso em odontologia, doenças crônicas das articulações, ortopedia, cirurgia, problemas da pele dentre outras condições clínicas.

 

Para cada problema é necessário uma luz (comprimento de onda) específica e uma dose correta. O HAIRLLUXfoi desenvolvido apenas para melhorar a aparência e fortalecer os cabelos.

 

Modo de Uso

Usar 1 x ao dia por 12 minutos.

Compartilhar:

post-62

 

O InnoSlim® regula eficazmente a glicose e o metabolismo das células do tecido adiposo e muscular, tem efeitos positivos significativos na redução da absorção de glicose pelo intestino e no aumento do efeito de combustão de células de gordura e na síntese de glicogênio muscular. Assim, é utilizado para o gerenciamento de peso e alterações metabólicas, sua ação é potencializada com a prática de exercício físico, melhorando a definição muscular corpórea.

 

O InnoSlim® é um extrato padronizado em 2,5% de saponinas obtido de um composto natural altamente fracionado de Astragalus membranaceus e Panax notoginseng (com baixas doses de panaxitriol) através de uma tecnologia registrada de extração e processamento de produtos farmacêuticos.

 

O InnoSlim® é capaz de diminuir significativamente a absorção de glicose nas células intestinais, reduzindo a atividade de certos transportadores, como as proteínas transportadores da glicose juntamente com íons de sódio (SGLT1) . Estas diminuições reduzem a quantidade de calorias dos carboidratos absorvidos no intestino. Em essência, é como comer uma refeição com menos calorias.

 

O InnoSlim® também regula a atividade do hormônio adiponectina, da AMPK – dependente, da enzima Acetil – CoA carboxilase (ACC-1 ), do transportador de glicose tipo 4 (GLUT4) e do fator induzido por hipóxia (HIF-1), que aumentam a decomposição de gordura do tecido adiposo, assim como diminuem a formação de novas células de gordura. Ao mesmo tempo também aumenta a absorção de glicose, a partir da corrente sanguínea, nas células musculares, onde a glicose é convertida em glicogênio nos músculos e queima como combustível muscular. Tais ações ajudam no gerenciamento de peso, nos níveis de glicose sanguínea, colesterol e lipídios, e no apoio ao bem-estar e saúde geral, fornece mais energia e contribui para melhora no desempenho e na prática de exercícios físicos.

 

Os resultados dos testes realizados demonstraram que o InnoSlim® diminuiu a absorção de glicose em células intestinais humanas através da diminuição na expressão dos níveis de SLGT1. Também resultou em aumento da expressão e secreção de adiponectina em adipócitos, ativando a AMPK no músculo esquelético, que ativa o transportador GLUT-4, para aumentar a absorção de glicose nos músculos , o ACC-1, para aumentar a oxidação de ácidos graxos e o HIF-1, para aumentar a produção de ATP.

 

Fotos dos atletas suplementados com InnoSlim®:

 

 

innoslim2

innoslim3

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICAS

 

  1. Santomauro AC, Ugolini MR, Santomauro AT, Souto RP. Metformina e AMPK: um antigo fármaco e uma nova enzima no contexto da síndrome metabólica. Arq Bras Endocrinol Metab vol.52 no.1 São Paulo Feb. 2008

 

  1. Y.C. Huang, etc. Effect and Mechanism of Ginsenosides CK and Rg1 on Stimulation of Glucose Uptake in 3T3-L1 Adipocytes. J. Agric. Food Chem. 2010, 58, 6039

 

  1. Liang MT, Lau WY, Sokmen B, Spalding TW, Chuang WJ. Effects of Panax notoginseng (Chinese ginseng) and acute exercise on postprandial glycemia in non-diabetic adults. J Complement Integr Med. 2012

 

  1. InnoSlimTM Product Dossier: A Clinically Evaluated Natural Compound that Has Significant Positive Effects on Weight and Metabolic Syndrome Management. Material proveniente do fabricante NuLiv Science USA Inc.

 

 

 

Compartilhar:

post-61

 

Sempre que ouvimos algum praticante de atividade física falar sobre alimentação com certeza ele deverá citar a famosa batata doce. Então a dúvida surge, mas batata não engorda? Apenas em excesso, esse tipo de batata quando consumida na quantidade ideal pode trazer muitos benefícios para os adeptos do corpo em forma.

 

A Ipomoeabatatas, conhecida popularmente como batata doce é a raiz de uma planta rasteira nativa do continente americano. Ao contrário do que se pensa, existe mais de um tipo de batata doce. No Brasil há quatro tipos, sendo classificadas de acordo com a cor da polpa que pode ser: branca, amarela, roxa ou avermelhada. Apesar disso todas elas apresentam fontes nutricionais semelhantes, porém, apresentam mudança no paladar entre elas.

 

A grande utilização da batata doce é por apresentar baixo índice glicêmico, ideal para ser consumida de 1 a 2 horas antes da atividade física. O índice glicêmico é um indicador da velocidade com que o açúcar presente em um alimento alcança a corrente sanguínea. Os alimentos com baixo índice glicêmico podem diminuem a fome, aumentar a saciedade e ajudam no controle do peso. Já alimentos de alto índice glicêmico são mais indicados para a reposição rápida de energia, como por exemplo, em um pós-treino de atividade física intensa. Em relação à glicose, o índice glicêmico da batata doce é em média 44, o que pode ser considerado baixo comparado com o pão branco que é em torno de 71 na mesma quantidade.

 

Além do baixo índice glicêmico, esse alimento também possui vitamina A, vitaminas do complexo B e alguns sais minerais, como cálcio, ferro, potássio, fósforo.

 

 

Com a correria do dia a dia, o tempo está cada vez mais curto para a preparação de alimentos em casa, pensando nisso já está disponível o pó da batata doce para manipulação. Sem perder suas propriedades e benefícios, está é uma forma prática e rápida de consumi-la. O pó pode ser manipulado em cápsulas, sachês ou adicionados em shakes. Quanto as dosagens diárias, a avaliação com o profissional habilitado indicará o consumo ideal para cada caso.

Compartilhar:

post-60

 

Oxandrolona é um análogo de testosterona sintético aprovado pela FDA para uso como terapia oral para ganho de peso em pacientes com perda de peso como conseqüência de, por exemplo, cirurgia maior, infecção crônica ou trauma severo.

 

 

A administração oral de oxandrolona pode promover vários efeitos adversos como alterações nos lípidos sanguíneos, nos sistemas cardiovascular, neuromuscular e esquelético, nas doenças endócrinas e metabólicas e no sistema nervoso central. Além disso, os esteróides anabolizantes podem ser hepatotóxicos.

 

 

Para aumentar a biodisponibilidade, evitar o efeito de primeira passagem, manter níveis sanguíneos estáveis, reduzir os efeitos metabólicos e aumentar a adesão do doente, a via transdérmica pode ser adequada.

 

 

O objetivo de um novo estudo realizado sob o patrocínio de Fagron por Polonini et al1 foi avaliar a permeabilidade da oxandrolona na pele humana para possível determinação futura da via transdérmica como alternativa vantajosa e segura em tratamentos de longo prazo. Isto foi investigado in vitro, utilizando células de difusão da pele.

 

 

Os resultados mostram que em 24 horas 25,9% (247,6 μg) de oxandrolona em Pentravan® foi capaz de permear através da pele não danificada. Anteriormente Pentravan® já havia mostrado um perfil de permeação favorável para outras moléculas esteróides.2

 

 

A oxandrolona transdérmica em Pentravan® parece uma alternativa viável à forma de dosagem oral tradicional, que precisa ser confirmada em estudos clínicos.

 

 

*Venda somente com prescrição médica

 

 

Study references

1Polonini H, Ferreira AO, Barbosa Raposo NR, Fernandes Brandão MA. Transdermal Oxandrolone: Ex vivoPercutaneous Absorption Study. Current Drug Delivery 2016.

2 Polonini HC, Brandão MA, Ferreira AO, Ramos C, Raposo NR. Evaluation of percutaneous absorption performance for human female sexual steroids into Pentravan cream. International Journal for Pharmaceutical Compounding 2014.

 

Compartilhar:

post-59

 

Mulheres sedentárias têm mais risco de apresentar sintomas graves relacionados à menopausa do que aquelas que praticam atividades físicas regularmente. A conclusão é de um estudo realizado com cerca de 6 mil voluntárias em 11 países da América Latina e publicado hoje na revista “Menopause”, da Sociedade Americana de Menopausa (Nams, na sigla em inglês). A análise também estabelece uma ligação entre sedentarismo com doenças como depressão, ansiedade, insônia e obesidade.

 

Os pesquisadores monitoraram 20 centros de saúde latino-americanos por onde passaram as mulheres analisadas todas com idades entre 40 e 59 anos. Elas preencheram questionários relacionados à depressão, ansiedade e insônia. Também foram considerados fatores que compõem a Escala de Avaliação da Menopausa, como ondas de calor, dores nas articulações, secura vaginal e problemas de bexiga. Por fim, responderam a perguntas sobre a frequência com que se exercitam.

 

BAIXA ADESÃO A ESPORTES

As mulheres que faziam meia hora de atividades físicas, como caminhada e natação, menos de três vezes por semana foram classificadas como sedentárias. Neste grupo, estavam 64% das participantes, e entre elas, 16% demonstraram sintomas de menopausa severos. Já entre as mulheres que se exercitavam três ou mais vezes por semana, apenas 11% apresentavam os sintomas graves da menopausa.

 

Os resultados do estudo sobre a capacidade dos exercícios físicos para reduzir os sintomas de menopausa não foram considerados conclusivos. No entanto, segundo a diretora-executiva da Nams, JoAnn Pinkerton, o levantamento acrescenta peso à ideia de que a prática esportiva poderia aumentar a qualidade de vida da mulher durante a menopausa.

 

A atividade física regular reduz o risco de câncer de mama e cólon, demência, ataque cardíaco, derrame cerebral e depressão. Evita a perda de massa muscular e osteoporose, além de aumentar a eficiência do sistema imunológico enumera a especialista. O estudo mostra que uma caminhada diária de apenas uma hora pode reduzir o risco de obesidade em 24%. Quem não gostaria de diminuir sua exposição a doenças?

 

Vice-presidente do Departamento de Endocrinologia Feminina e Andrologia da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, Ruth Clapauch destaca que o exercício físico contribui para a liberação de neurotransmissores como adrenalina e serotonina, estabilizando a percepção de temperatura na menopausa. Manter-se ativa, então, poderia ter efeito semelhante ao de um medicamento.

 

Só que a influência significativa do exercício físico no tratamento da menopausa ainda é um assunto sobre o qual não há um consenso entre os médicos pondera. Há estudos em que as mulheres foram escolhidas aleatoriamente e um grupo passou a fazer exercícios enquanto o outro se mantinha sedentário, e os resultados das pesquisas foram discordantes. O mais importante é que a pessoa já chegue à menopausa condicionada fisicamente. Os sintomas mais leves serão o resultado de toda uma vida de exercícios, desde criança.

 

 

Fonte: http://hinutrition.com.br/Noticia.aspx?nid=83

 

 

 

Compartilhar:

post-58

 

O ácido tranexâmico é um medicamento com ação antifibrinolítica, capaz de diminuir a ativação de uma proteína chamada plasmina. A plasmina é responsável por estimular a formulação de uma resposta inflamatória no tecido da pele contra a presença da melanina, resultando no desenvolvimento das manchas características do melasma.

 

 

A aplicação do ácido tranexâmico ajuda a conter o desenvolvimento das inflamações no tecido cutâneo causado pela plasmina, reduzindo a presença de manchas na pele de indivíduos susceptíveis.

 

Ele pode ser utilizado através de consumo de cápsulas via oral, como cremes tópicos e também como injeções intradérmicas (método que tem apresentado melhores resultados). Os tratamentos com esse ácido têm apresentado resultados mais satisfatórios em pacientes que apresentam melasma, com baixo índice de efeitos colaterais – como ardência ou irritação na região -, após a sua aplicação.

 

O tratamento com ácido tranexâmico, apesar de ser apresentado como eficaz e duradouro, ainda não é capaz de oferecer a cura para os pacientes que apresentam o melasma, sendo responsável por somente ajudar a reduzir o surgimento dos sintomas.

 

Possui também uma ação inibidora da síntese de melanina, através da redução da atividade da tirosinase e devido a uma possível ação na interação dos melanócitos e queratinócitos através da inibição do sistema plasmina-plasminogênio. E também em hipercromias não melanodérmicas, como clareamento de olheiras, pois age como quelante de ferro existente na hemossiderina o ATX se torna muito eficaz nesses tratamentos.

Compartilhar:
Perfil
Mona Lisa Bevilacqua

Empresária, Graduada em Farmácia Industrial, Pós-graduada
em Manipulação Magistral Alopática, MBA em
Cosmetologia e
com cursos de
cosméticos realizados
em Paris e Mônaco.
Saiba Mais
Chat Online
LiveZilla Live Chat Software
LiveZilla Live Chat Software
Horários de atendimento para Orçamento Online:
De seg. a sex. das 08h às 18h.
Sábado. das 08h às 13h.
Newsletter
Fique por dentro das novidades.
Loja Virtual
Mais Acessados


Contato

34 3331-0500
Avenida Santos Dumont, 1050
Uberaba / MG - CEP 38060-600
Sobre o Blog

Este é um canal de comunicação da Farmácia AcquaBella com todos os nossos públicos: Clientes, Colaboradores, Sociedade e Fornecedores.
Farmácia AcquaBella © Todos direitos reservados 2014.