A Camellia sinensis é a planta que dá origem aos chás branco, verde, preto e Oolong. A Camellia sinensis, é rica em compostos como catequinas, bioflavanóides e taninos, que confere a esses chás, uma boa atividade como antioxidantes, ajuda no combate dos radicais livres, auxiliando na prevenção de diversas doenças, entre elas o câncer. O chá proveniente desta planta, também é rico em magnésio, potássio, ácido fólico, vitaminas C, K, B1 e B2, que são importante para o funcionamento do nosso organismo entretanto, fonte também de tanino que tem propriedades que quelam minerais.

 

beneficios-do-cha-verde

 
O que diferencia os chás encontrados no mercado é a forma como estes são produzidos. O chá verde , é produzido a partir das folhas da Camellia sinensis, onde são colocadas no vapor e em seguida passam por um processo de secagem, fazendo com que os ingredientes não sejam oxidados, mantendo assim o bom potencial antioxidantes da planta e preservando seus nutrientes.
O chá preto, as folhas da Camellia sinensis passam por várias etapas de processamento, dentre elas a fermentação, que consiste em uma ação enzimática de flavonóis e teaflavinas.

 
O chá Oolong é produzido pela oxidação parcial das folhas da Camellia sinensis, o que ocorre com a ação da enzima polifenol oxidase, presente na folha da planta.

 
O chá Branco, proveniente dos brotos e flores da Camellia sinensis, contém uma quantidade menor de cafeína e um sabor mais delicado. Entretanto, possui uma quantidade maior de polifenóis, o que confere ao chá propriedades semelhantes ao chá verde, porém mais pronunciadas.

 
A preparação do chá verde, deve ser preparado com água mineral (de boa fonte) fervida em panela de vidro (de preferência) de forma que a água não entre em ebulição. Em seguida, as folhas secas devem ser colocadas em uma xícara de porcelana (ou cerâmica) branca por dentro. Coloca-se a água na xícara, espera cerca de 5 minutos com o recipiente abafado, e em seguida coa o chá com uma peneira, de preferência que seja de inox. O chá deve ser bebido assim que preparado para manter suas propriedades terapêuticas. Para fazer uma infusão, são necessárias duas colheres de chá da erva para um xícara de água quente onde o ideal não seria ultrapassar mais de 2 vezes ao dia 200 ml do chá.

 
É muito importante consultar um especialista em fitoterápicos, para que este prescreva o melhor chá para cada situação. Lembrando que os chás podem sim, ter efeitos indesejados. O chá verde, por exemplo, é contra-indicado para pessoas hipertensas, devendo ser usado com cautela por pessoas com Glaucoma ou gastrite, também!

 

rodape_post

Compartilhar:
Perfil
Mona Lisa Bevilacqua

Empresária, Graduada em Farmácia Industrial, Pós-graduada
em Manipulação Magistral Alopática, MBA em
Cosmetologia e
com cursos de
cosméticos realizados
em Paris e Mônaco.
Saiba Mais
Chat Online
LiveZilla Live Chat Software
LiveZilla Live Chat Software
Horários de atendimento para Orçamento Online:
De seg. a sex. das 08h às 18h.
Sábado. das 08h às 13h.
Newsletter
Fique por dentro das novidades.
Loja Virtual
Mais Acessados


Contato

34 3331-0500
Avenida Santos Dumont, 1050
Uberaba / MG - CEP 38060-600
Sobre o Blog

Este é um canal de comunicação da Farmácia AcquaBella com todos os nossos públicos: Clientes, Colaboradores, Sociedade e Fornecedores.
Farmácia AcquaBella © Todos direitos reservados 2014.