Destaques

A hidrolipodistrofia ginoide (HDLG), popularmente conhecida como “celulite”, envolve alteração do relevo cutâneo e ocorre em 80-90% da população feminina após a puberdade, aparecendo nas regiões da cintura pélvica, membros inferiores e abdômen. Alguns autores consideram-na um atributo próprio do sexo e não um estado patológico.

 

Reduzir-a-celulite.001-501x325-500x324

 

A denominação mais correta para a designação “celulite” e “hidrolipodistrofia ginoide”, por ser um termo científico que etimologicamente significa: hidro, de água; lipo, relativo a gordura; distrofia, desordem nas trocas metabólicas do tecido; e ginoide significa forma de mulher. Portanto, a celulite é uma alteração genuína e loco regional do panículo adiposo subcutâneo determinante do formato corporal característico da mulher, com perda do equilíbrio histofisiológico local. Ela modifica a estrutura histológica da pele e altera o tecido

conjuntivo e, consequentemente, ocorre polimerização excessiva dos mucopolissacarídeos, o que resulta no aumento da retenção de água, sódio e potássio, conduzindo a elevação da pressão intersticial e gerando compressão de veias, vasos linfáticos e nervos.

O tecido apresenta degeneração das fibras elásticas, proliferação de fibras de colágeno, hipertrofia dos adipócitos e edema5. Em função das inúmeras consequências decorrentes da fisiopatologia da celulite, a abordagem terapêutica deve envolver diversas fontes de ação, incluindo substâncias químicas e equipamentos.

 

A fisiopatologia da celulite pode ser dividida em quatro estágios evolutivos:

 

  • A alteração do esfíncter arteriolar pré-capilar conduz a modificação da permeabilidade capilovenular e dilatação capilar, com transudação e edema pericapilar e interadipocitário;
  • O edema dificulta as trocas metabólicas e desencadeia uma resposta conjuntiva, com consequente hiperplasia e hipertrofia do invólucro reticular, resultando na formação de uma trama irregular de fibrilas pericapilares e periadipocitárias.
  • As fibrilas se agregam em fibras de colágenos e se distribuem em arranjos capsulares em torno de grupos de adipócitos, formando os micronódulos;
  • Ocorre esclerose das traves conjuntivas e formação de macronódulos, pela confluência de muitos micronódulos.

 

Na histopatologia ha três fases evolutivas:

  • Alteração adipocitária, estase linfática e proliferação de fibrócitos;
  • Fibroplasia, colagênese e neoformação capilar, micro-hemorragias focais e hiperqueratose folicular, focos de edema discreto na derme. Corresponderia ao aspecto de “casca de laranja”.
  • Acentuação das alterações anteriores, esclerose do tecido conjuntivo da hipoderme e parte profunda da derme (aspecto acolchoado).

 

A celulite pode ser classificada, segundo o aspecto clínico, em quatro graus:

  • Grau I: Assintomático. Sem alterações clínicas observáveis.
  • Grau II: Apresenta alterações clínicas, como palidez, hipotermia,diminuição da elasticidade, relevo cutâneo, altera visivelmente apenas com a compressão ou a contração muscular; sinais visuais mínimos.
  • Grau III: Aspecto de “casca de laranja”, sensação palpatória de finas granulações nos planos profundos, dor a palpação, diminuição da elasticidade do tecido, palidez e hipotermia.
  • Grau IV: Mesmas características do grau III e presença de nódulos palpáveis, visíveis e dolorosos, grandes ondulações na superfície (aspecto de “saco de nozes”).

 

Etiologia da celulite.

A etiologia da celulite é desconhecida, mas uma variedade de causas parece contribuir para seu desenvolvimento, incluindo fatores genéticos, circulatórios, hormonais e alimentares9,10,11,13. As quatro principais hipóteses etiológicas baseiam-se em:

1) Fatores genéticos: o número, a disposição e a sensibilidade dos receptores para hormônios nos adipócitos são geneticamente determinados, conferindo a susceptibilidade  individual e em algumas raças, bem como o padrão clínico da doença. A incidência é maior na raça branca, quase não ocorrendo nas negras e orientais. A distribuição da gordura também é um fator genético, predominando o padrão ginóide nas latino-americanas e o androide nas europeias.

2) Alterações anatômicas e hormonais: A hipótese anatômica da celulite é baseada nas diferenças entre homens e mulheres em relação às características estruturais dos lóbulos de gordura subcutânea e dos septos de tecido conjuntivo que os separam. O aparecimento da celulite, caracterizada pela aparência ondulada e irregular da pele, é causado pela protrusão de gordura na interface dermohipodérmica. Essa alteração ocorre especificamente nas mulheres, devido à presença das bandas fasciais verticais10. O subcutâneo nos homens, por outro lado, é caracterizado por bandas fasciais horizontais e diagonais formadoras de estrutura que impede a herniação da gordura12. Uma vez que a celulite está presente em grande parte das mulheres pós-púberes e raramente é encontrada em homens sem deficiência androgênica, é altamente provável que os hormônios femininos desempenhem papel fundamental em sua etiopatogenia9. É por causa da natureza genética e hormonal da arquitetura da pele que a celulite é extremamente rara em homens com níveis normais de andrógenos, independentemente do peso13.

3) Alterações vasculares: O aumento da pressão capilar leva ao aumento da permeabilidade dos capilares venulares e à retenção de excesso do líquido na derme, entre os adipócitos e entre os septos interlobulares, provocando mudanças celulares e hipóxia tecidual10,13. O aumento da resistência lipolítica resultante da hipóxia e o aumento da lipogênese, causada pela ação do estrógeno, prolactina e dietas ricas em carboidratos levara à hipertrofia dos adipócitos. Os adipócitos alargados, juntamente com a hipertrofia e hiperplasia das fibras reticulares periadipócitos, forma micronódulos cercados por fragmentos de proteínas que, posteriormente, causam esclerose dos septos fibrosos, levando ao aparecimento da celulite. O efeito geral desse processo fisiopatológico é a redução do fluxo sanguíneo e da drenagem linfática das áreas afetadas.

4) Alimentação:  Excesso de açúcares e gordura levam à hiperinsulinemia e a lipogênese. O sal contribui para a retenção hídrica. A falta de proteínas favorece a desestruturação do tecido conjuntivo. A baixa ingesta de água e de fibras dificulta o funcionamento intestinal, levando à estase venosa. O consumo de álcool estimula a lipogênese.

 

Literatura Consultada

  1. Di Salvo RM. Controlling the appearance of cellulite. Surveying the cellulite-reduction effectiveness of xanthines, silanes, CoA, I-carnitine and herbal extracts. Cosmet Toilet Carol Stream. 1995; 110(7):50-9.
  2. Kurebayashi AK. HLDG. Cosmet Perf. 2003; 23:156.
  3. Smalls LK, Hicks M, Passeretti D, Gersin K, Kitzmiller, WJ, Bakhsh A, et al. Effect of Weight Loss on Cellulite: Gynoid Lypodystrophy. Plastic and Reconstructive Surgery. 2006; 118(2):510-16.
  4. Gersman A, Tariki MVR, Pinto R. Celulite e gordura localizadas: tratamento com nova formulação de alta eficácia. Rev Cosmiat Med Estét. 1996; 4(3).
  5. Galvão MMM. Drenagem linfática manual e ultrasom no tratamento do fibro edema gelóide em região glútea um estudo de caso. Faculdade Assis Gurgacz, Cascavel: 2005.
  6. Sanchez CF. Estudos anatomo-patológicos e termográficos da H.L.D.G. Rev Cosmiat Med Estét. 1994; 2(1):313.
  7. Curri SB. Las paniculopatías de estasis venosa: diagnostico clínico e instrumental. 2ª ed. Barcelona: Hausmann; 1991.
  8. Salgado-Santos IMN. Emprego do ultrasom modo B e com efeito Doppler, termômetro infravermelho e medidas antropométricas na avaliação de uma formulação cosmética anticelulítica contendo extrato hidroglicólico de Trichilia catigua e Ptychopetalum olacoides Bentham. Dissertação (Mestrado) – Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005. p. 183.
  9. Wanner M, Avram M. An evidence-based assessment of treatments for cellulite. J Drugs Dermatol. 2008; 7(4):341-5.
Compartilhar:

A acne é uma doença inflamatória crônica do folículo pilo-sebáceo, caracterizada inicialmente pela presença de um cômedo, comedão ou “cravo” que acomete principalmente nas regiões da face, parte superior do tórax e o dorso, área com maior densidade de folículos sebáceas.

É um problema típico entre os adolescentes que acomete 60% nas meninas (com início aos 14 anos) e cerca de 70% nos meninos (com início aos 16 anos), sendo as formas mais intensas no sexo masculino. Trata-se de uma doença altamente prevalente. Acomete 80% da população com idade entre 11 e 30 anos e afeta de 85 a 100% da população em qualquer momento da vida.

 

Remédios_caseiros_para_acne

 

Como se manifesta?

Os sintomas da acne variam de acordo com cada pessoa e, na maioria das vezes, são de pequena a média intensidade. As manifestações são variadas e incluem:
• Comedões (cravos): folículos pilosos entupidos com sebo;
• Pápulas: lesões sólidas mais altas, com 5mm ou menos, arredondadas, endurecidas e eritematosas;
• Pústulas: lesões com contém pus;
• Nódulos: lesões caracterizadas pela inflamação, que se expandem por camadas mais profundas da pele e podem levar à destruição de tecidos, causando cicatrizes.
• Cistos: maiores que as pústulas, inflamados, expandem-se por camadas mais profundas da pele, podem ser muito dolorosos e deixar cicatrizes.

 

Classificação da acne

A acne pode ser classificada de acordo com sua gravidade:
• Acne Grau I – presença apenas de comedões (cravos), sem lesões inflamatórias (espinhas);
• Acne Grau II – comedões, pápulas e pústulas;
• Acne grau III – comedões, espinhas,  pústulas e cistos.
• Acne Grau IV – comedões, espinhas, lesões císticas maiores que podem se interconectar pela pele (acne conglobada), formando “túneis”.

 

Etiopatogenia da Acne, os 5 mais importantes:

1 – Hipersecreção sebácea;

2 – Proliferação e colonização da bactéria Popionibacterium acnes (P. acnes);

3 –Fatores individuais e imunológicos;

4 – Ceratose do canal folicular com consequente estreitamento e retenção do sebo;

5 – Liberação de mediadores inflamatórios no folículo e na derme adjacente.

 

O tratamento varia de acordo com a gravidade do caso e o tipo de pele, geralmente com o uso de produtos tópicos e orais, indicados por um profissional habilitado.

Compartilhar:

Nome científico: Cordyceps militaris, Ganoderma lucidum, Pleurous eryngii, Lentinula edodes, Hericium erinaceus, Trametes versicolor

 

 

peak

A grande exigência do esporte competitivo e da auto cobrança em busca de melhores resultados dos atletas profissionais e não profissionais promove nos mesmos um alto estresse oxidativo e metal. Desta forma é comum todos os tipos de atletas excederem os seus limites físicos e psicológicas, pois estão buscando sempre os melhores resultados e o máximo desempenho. Para a conquista desejada é necessário que os esportistas mantenham a disciplina à todo momento, assim o atleta deve possuir também uma dieta adequada que pode ser obtida a partir da suplementação para suprir as necessidades exigidas durante a fisiologia do exercício e dos ciclos de treinos intensos.

 

PeakO2 TM é uma combinação orgânica de seis espécies de cogumelos (Cordyceps militaris, Ganoderma lucidum, Pleurous eryngii, Lentinula edodes, Hericium erinaceus e Trametes versicolor) cultivadas em aveia orgânica inteira para a máxima preservação da bioatividade dos ativos. Para promover um alto rendimento, eficiência e motivação dos atletas, PeakO2 TM, por ser um blend de cogumelos adaptógenos e por estes cogumelos possuírem Vitamina D2, β-glucanas e L-Ergotioneína, permite que os atletas se adaptem durante os exercícios levando ao máximo rendimento.

 

MECANISMO DE AÇÃO

Durante as atividades esportivas ocorre o aumento da demanda metabólica, física e psicológica levando ao estresse esportivo e mental, estes quando não orientados e supridos corretamente podem alterar o desempenho e os resultados esperedos. PeakO2 TM é composto por poderosos cogumelos adaptógenos, que permite os atletas “se adaptar” e superar o estresse físico e mental, proporcionando energia para melhorar a performance antes, durante e após o treino (Panossian, et. al., 2010). PeakO2 TM contém Vitamina D2, β-glucanas e L-Ergotioneína, que promovem aumento no aporte de O2 a partir da otimização do consumo e da sua demanda, eleva o tempo necessário para se atingir a fadiga e, também eleva a força de resistência muscular durante os exercício de alta intensidade. Com PeakO2 TM os atletas treinam por mais tempo, se recuperam mais rápido e se sentem motivados ao longo do treinamento.

 

BENEFÍCIOS

Reduz a fadiga; Aumenta a força de resistência muscular em sete dias; Desempenho máximo nas atividades de alta intensidade; Aumento do endurance e da intensidade dos treinos; Melhora o desempenho fornecendo mais energia; Promove a adaptação dos atletas no momento de fadiga para os melhores resultados; Potencializa a capacidade aeróbica do atleta por otimizar a utilização do oxigênio; Energia extra para superar os desafios presentes nos treinos.

 

INDICAÇÕES

É indicado para atletas de endurance como corrida, ciclismo, além de outras modalidades como bodybuilders e lutadores para a incorporação em suas suplementações. PeakO2 TM pode ser administrado sozinho ou associado a suplementos pré e pós treinos, como em combinação com BCAAs, suplementos para aumento da massa muscular – whey protein, e para o aumento da resistência. PeakO2 TM pode ser aplicado em sachês, shakes, cápsulas e fórmulas em gel.

 

DOSAGEM USUAL

Recomenda-se de 1 a 4 gramas diárias.

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

– Literatura do fabricante – Compound Solutions – EUA – Altermann, A. M.; Dias, C. S.; Luiz, M. V.; Navarro, F. A influência da cafeína como recurso ergogênico no exercício físico: Sua ação e efeitos colaterais. Rev. Brasileira de Nutrição Esportiva, São Paulo v.2, n. 10, p. 225-239, Julho/Agosto 2008. – Cheah, I. K.; Halliwell, B. Ergothioneine: antioxidant potencial, physiological function and role in disease. Outubro, 2011. – Dobnig, H., Pilz, S., Scharnagl, H., Renner, W., Seelhorst, U., Wellnitz, B., … & Maerz, W. Independent association of low serum 25-hydroxyvitamin D and 1, 25- dihydroxyvitamin D levels with all-cause and cardiovascular mortality. Archives of Internal Medicine, 168(12), 1340-1349. 2008. – Forman, J. P., Giovannucci, E., Holmes, M. D., Bischoff-Ferrari, H. A., Tworoger, S. S., Willett, W. C., & Curhan, G. C. (2007). Plasma 25-hydroxyvitamin D levels and risk of incident hypertension. Hypertension, 49(5), 1063-1069.- Giovannucci, E., Liu, Y., Hollis, B. W., & Rimm, E. B. (2008). 25-hydroxyvitamin D and risk of myocardial infarction in men: a prospective study. Archives of Internal Medicine, 168(11), 1174-1180. 2008. – Grant, W. B., & Holick, M. F. (2005). Benefits and requirements of vitamin D for optimal health: a review. Alternative Medicine Review, 10(2), 94-111. – Grundemann, D.; Harlfinger, S.; Golz, S.; Geerts, A.; Lazar, A.; Berkels, R.; Jung, N.; Rubbert, A.; Shoming, E.. Discovery of the ergothioneine transporter. PNAS 5256- 5261, vol. 102, no. 14. Abril, 2005. – Hirsch, K., R.; Smith-Ryan, A., E.; Roelofs, E., J.; Trexler, E., T.; Mock, M., G.; Cordyceps militaris Improves Tolerance to High-Intensity Exercise After Acute and Chronic Supplementation. 13 Jul. 2016. DOI: 10.1080/19390211.2016.1203386 – Laird, E., Ward, M., McSorley, E., Strain, J. J., & Wallace, J. Vitamin d and bone health; potential mechanisms. Nutrients, 2(7), 693-724. 2010. – Literatura do fabricante – Compound Solutions – EUA – Malaguti, M.; Angeloni, C.; Hrelia, S.. Polyphenols in Exercise Performance and Prevention of Exercise-Induced Muscle Damage. Oxidative Medicine and Cellular Longevity. July, 3013. – mypeako2.com. Acessado em 06 de março de 2017, às 11:10 A.M.

 

Compartilhar:

Um estudo conduzido por Iorizzo et al. (2016) teve como objetivo avaliar a eficácia de ciclopirox em relação à amorolfina no tratamento da onicomicose de grau leve a moderado.

Um total de 120 voluntários foi dividido aleatoriamente para receber, durante 48 semanas:

Resultados

-  O sucesso do tratamento foi de 58,3% para o grupo 1 em comparação a 26,7% para o grupo 2;

-  A cura foi obtida em 35,0% dos participantes do grupo 1 vs. 11,7% dos participantes do grupo 2;

-  Cura micológica foi alcançada em todos os pacientes do grupo 1, em comparação com 81,7% do grupo 2, ao final das 48 semanas;

 

Antes do tratamento com ciclopirox 8,0%.                                      Após o tratamento com ciclopirox 8,0%.

Os pesquisadores concluíram que ciclopirox é o padrão ouro para o tratamento da onicomicose.

Nanoativos para Tratamento Ungueal

Nanoativos para Reparo e Hidratação de Unhas

Estudos Comprovam – Nano Nails Melhora a Aparência de Unhas Danificadas

Estudo 1 – Efeitos Sobre Unhas com Leuconíquia                Eficácia comprovada no tratamento da leuconíquia em 61%
dos casos, com melhora efeitva após 4 dias de aplicação de                                                                                                                                                                  um esmalte contendo 5% de Nano Nails.

Estudo Comprova – NanoFortify Nails Reduz a Descamação das Unhas

Voluntárias fizeram a aplicação de um esmalte contendo 1% de NanoFortify Nails durante 30 dias. Após 15 dias, 25% das participantes do estudo verificaram melhora da descamação das unhas e, após os 30 dias de estudo, 65% delas apresentaram melhora da hidratação ungueal.

Fonte: https://www.ipupo.com.br/Noticia/Post/2153

onicomicose-como-detectar-e-tratamentos-eficazes

Compartilhar:

O que é a Miostatina?

É um fator de crescimento (TGF-8) presente no organismo que tem a capacidade de limitar o aumento das fibras musculares. Muitos fisiculturistas possuem maior facilidade em ganhar massa muscular, pois são privilegiados por terem menor biodisponibilidade da miostatina.

A miostina é uma proteína presente no organismo e limita o crescimento muscular, ou seja, com a presença da Miostina o organismo produz baixos níveis de massa magra (músculo). O Follidrone™ é um Complexo Proteico Natural a base de Creatina (aminoácido), Epicatequina (Antioxidante) e Folistatina (proteína), que atua reduzindo a quantidade de Miostatina no organismo auxiliando no aumento da massa muscular.

Além dos resultados de formação muscular, o Follidrone™ tem ação Building (construção e melhor definição muscular), Termogênica (Queima de gordura e Emagrecimento) e Ergogênica (Aumento de Força Muscular). Estudos práticos comprovaram que o Follidrone™ foi capaz de reduzir em 46% a concentração de Miostatina utilizando 10g/dia do ativo conforme orientado na posologia.

 

images

 

Indicações do Follidrone:

É indicado para pessoas praticantes de atividades físicas que buscam aumento de massa magra e definição, construção, definição e aumento da força muscular; Queima de gordura; Emagrecimento e Redução da fadiga. Os resultados descritos variam de pessoa para pessoa dependendo de diversos fatores como alimentação, prática de exercícios físicos, presença de outras patologias, bem como o uso correto do produto conforme descrito na posologia e pela orientação de um profissional qualificado.

 

Compartilhar:

Tratamento com Ivermectina Tópica

A rosácea é uma condição inflamatória crônica comumente tratada com antibióticos. No entanto, o potencial para resistência a eles é uma preocupação importante para os clínicos.

Dessa forma, agentes tópicos oferecem uma alternativa aos antibióticos sistêmicos.

Ivermectina Tópica

Mecanismo de Ação

Vantagem

É um agente antiparasitário de amplo espectro derivado da avermectina.

Atividades antiparasitária e anti-inflamatória, especificamente na inibição de citocinas inflamatórias.

Não é um antibiótico, dessa forma, não oferece a preocupação de resistência.

Estudos Comprovam Benefícios da Ivermectina Tópica no Tratamento da Rosácea

 

Um estudo avaliou o tempo de recidiva em pacientes com rosácea papulopustular moderada a grave que obtiveram sucesso com o tratamento com ivermectina a 1% ou metronidazol a 0,75% (duas vezes ao dia) (Taieb et al., 2015).

Resultados

O tempo médio para a primeira recidiva foi significativamente mais longo (115 dias vs. 85 dias) e a taxa de recidiva foi significativamente menor (62,7% vs.68,4%) para os pacientes inicialmente tratados com sucesso com ivermectina 1% em comparação com metronidazol 0,75%;

O número médio de dias livres de tratamento foi maior para a ivermectina em comparação com o metronidazol (196 dias vs. 169,5 dias);

 

Os resultados deste estudo de recidiva mostraram que o sucesso no tratamento inicial com ivermectina a 1% prolongou significativamente a remissão da rosácea em comparação com o tratamento inicial com metronidazol.

 

Além disso, estudo recentes têm demonstrado que a relação custo-benefício é mais favorável com a terapia tópica de ivermectina em pacientes com rosácea (Taieb et al., 2016).

Estudo Comprova

Ivermectina Tem Custo-Benefício Mais Favorável no Tratamento da Rosácea em Comparação com Outras Terapias Tópicas

Objetivo do Estudo

Avaliar a relação custo-benefício de um creme de ivermectina em comparação com tratamentos tópicos atuais em adultos com rosácea papulopustular (Taieb et al., 2016).

Resultados e Conclusão

-  A aplicação do creme de ivermectina a 1% forneceu uma média de 72,922 dias livres da doença ao longo de um período de 3 anos em comparação com o creme de metronidazol a 0,75%, levando a um menor custo por dia livre de doença;

-  A ivermectina tópica também foi associada com menores custos totais e maior benefício clínico em comparação com a aplicação tópica de ácido azelaico;

Reflexo de redução de 15% nos custos de visitas ao médico em comparação com metronidazol

Reflexo de redução de 20% nos custos de visitas ao médico em comparação com ácido azelaico

 

Após análise dos resultados, pode-se concluir que a aplicação tópica de creme de ivermectina a 1% 1 vez ao dia teve um custo-benefício mais favorável em comparação com metronidazol ou ácido azelaico no tratamento da rosácea papulopustular, podendo ser escolhida como terapia de primeira linha.

 

FONTE: https://www.ipupo.com.br/Noticia/Post/2150

 

 

noticia-miniatura-175936

Compartilhar:

SineCitrus, poderoso redutor de medidas , com ação lipolítica através da sinergia de laranjas exóticas e a potente ação do guaraná. É constituído por sinefrina (poderoso termogênico), polifenóis e cafeína natural. Sendo uma associação de frutas cítricas da dieta europeia: Bitter Orange / Laranja amarga (Citrus aurantium); Grapefruit (Citrus paradisi); Laranja Moro (Citrus sinensis Var Dulcis), Laranja Pera (Citrus sinensis L. Osbeck); Guaraná (Paullinia cupana).

 

19247802_1826804040669182_6909730963089563309_n

 

 

Extraído a partir dos frutos (Laranjas) e sementes (Guaraná), preparadas por tratamento físico (esmagamento, extração, centrifugação, filtragem e secagem por spray dryer), proporcionando um teor de aproximadamente 5-6% de Sinefrina, 89% de polifenóis e 5 % de cafeína natural. A combinação de sinefrina, polifenóis, antocianinas e cafeína, faz do SineCitrus a escolha ideal para quem quer reduzir medidas abdominais e equilíbrio ponderal sem alterar o estado de saúde.

Propriedades: O aumento da incidência da obesidade é um fator crescente em muitos países e tem se tornado um problema de saúde pública. SineCitrus atua á favor do emagrecimento devido sua composição em polifenóis , antocianinas, sinefrina e cafeína.

A laranja é uma fruta cítrica do gênero Citrus, rica em vitamina C, betacaroteno, ácido fólico, B6, flavonoides e fibras. Contêm também doses moderadas de potássio, cálcio, fósforo, magnésio e cobre. Ela possui propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes, imunomoduladora e anticoagulante. A presença dos flavonoides e das fibras ajuda a manter um perfil lipídico adequado.

Citrus aurantium, um dos componentes de SineCitrus , conhecido popularmente como laranja amarga, possui compostos como flavonoides e inúmeras feniletilaminas, que incluem metiltiramina, octopamina e sobretudo a sinefrina.

Citrus sinensis também presente no Sinecitrus, é constituído quimicamente por: acetato de linalil, carotenoides, derivados de triterpenos (limonina), ferro, glicosídeos flavonoides (neohesperidina, naringina, rutina, eriocitrina, hesperidina), hidrato de carbono, nerol, vitaminas (C, A, complexo B).

Sinecitrus contém em sua composição, o Grapefruit (Citrus paradisi) que é composto por acetaldeído, ácido ascórbico (vitamina C), ácido cítrico, apigenina, bergaptol, borneol, carvone, cimeno, citral, cumarina, escopoletina, eugenol, felandreno, geraniol, humuleno, limoneno, naringina, neral, quercetina, quercitrina, saponina, terpineol.

A sinefrina é um derivado da feniletilamina citada como o principal composto ativo de suplementos alimentares naturais utilizados para o emagrecimento, age como um potente termogênico, atuando na queima de gordura, no aumento da taxa metabólica basal e seus níveis de energia e disposição. A cafeína é um derivado de bases purínicas pertencente ao grupo das metilxantinas, onde se incluem também a teobromina e a teofilina. Essa substância está presente na natureza em mais de 60 espécies de vegetais em todo o mundo, sendo uma delas o guaraná (Paullinia cupana Kunth).

 

Os polifenóis são substâncias químicas presentes nas plantas. Uma vez ingeridos, desempenham ação antioxidante no organismo. Eles protegem tanto as células quanto outros químicos naturais do corpo contra os danos causados pelos radicais livres.

 

Mecanismo de ação:

A cafeína de SineCitrus age no aumento da secreção da enzima lipase, uma lipoproteína que mobiliza os depósitos de gordura para utilizá-los como fonte de energia em substituição ao glicogênio muscular, tornando o corpo mais resistente á fadiga. Ainda, estimula a lipólise induzida por noradrenalina. Outo mecanismo de ação é a inibição da enzima fosfodiesterase, que é responsável pela degradação do medidor químico intracelular, denominado adenosina monofosfato cíclico (AMPc ), convertendo- o em adenosina. Dessa forma ela aumenta o tempo de meia- vida do AMPc (aumento dos níveis de AMPc intracelular ) levando a um aumento da lipólise.

A combinação inédita no Brasil entre cafeína e sinefrina (presente no blend Pure Blocker), promove um aumento na quantidade de AMPc (adenosina 3′,5′- monofosfato cíclico), resultando em forte estímulo da quebra de gordura. Estudos comprovam que os tratamentos com p-sinefrina promovem uma diminuição significativa do ganho de peso, confirmando a ação lipolítica da p-sinefrina devido a estimulação dos receptores beta3-adrenérgicos .

A Sinefrina na perda de peso proporciona efeito lipolítico através da ativação de receptores β3- adrenérgico e consequente termogênese.

Efeitos colaterais e Reações adversas:

Não exceder a quantidade prescrita. O uso em acesso pode trazer reações como náuseas, dores de cabeça, dificuldade em adormecer, aceleração dos batimentos cardíacos e ansiedade.

Interações: Estudos clínicos não relataram interações negativas.

Contra indicações e Precauções: Contra indicado para pacientes hipertensos, cardiopatas, grávidas, lactantes, crianças e diabéticos e pacientes com sensibilidade á composição.

Posologia: Ingerir de 100 á 1200 mg ao dia, divididos em duas ou três dosagens, juntamente com as refeições.

 

Referências:

1 – Schmitt G. Análise Química e Toxicológica de Suplementos Alimentares e Compostos Emagrecedores Contendo p-Sinefrina Associada a Efedrina, Salicina e Cafeína. Porto Alegre , 2012.

2- Citrus sinensis (l.). Acesso em: < http//:www.plantamed.com.br> .

3. Polifenóis, o que são , benefícios e alimentos ricos. Mundo Boa Forma. Acesso: < http//:www.mundoboaforma.com.br> .

4. Arbo, M.D. Avaliação toxicológica de p- sinefrina e extrato de Citrus aurantium L. (Rutacea).

5. Sinefrina: um estimulante que ajuda na perda de gordura. http://dicasdemusculacao.org/sinefrinaum-estimulante-que-ajuda-na-perda-de-gordura/.

6. Sidney J. Stohs; Harry G. Preuss; Mohd Shara. A Review of the Human Clinical Studies Involving Citrus aurantium (Bitter Orange) Extract amd its Primary Protoalkaloide p- Synphrine. Int J Med Sci. 2012; 9 (7): 527-538.

7. Titta L1 , Trinei M, Stendardo M, Berniakovich I, Petroni K, Tonelli C, Riso P, Porrini M, Minucci S, Pelicci PG, Rapisarda P, Reforgiato Recupero G, Giorgio M. Blood Orange juice inhibits fat accumulation in mice. Acesso < https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/20029381>.

8. Citrus Bioactive phenolics: Role in the obesity treatment. Acesso em: < http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0023643814001376>

Compartilhar:

adcadb_986aac048efb4b02b2ca5f5c82961b27-mv2_d_8398_4756_s_4_2

FibregumB é uma fibra prebiótica bifidogênica natural, purificada e de origem 100% vegetal. É obtida a partir da goma acácia, sendo extraída do caule e dos ramos de árvores de acácia (), que crescem principalmente na região do Sahel, na África. A goma acácia é rapidamente solúvel em água, considerada pelo FDA (como uma das fibras dietéticas mais seguras. Atua no aumento da produção de ácidos graxos de cadeia curta (AGCC), que induzem mudanças positivas na microbiota intestinal, como o aumento dos gêneros e e a redução do gênero . Todos os efeitos do Fibregum B® partem quase exclusivamente da produção de AGCC, principalmente butirato, propionato e acetato, favorecendo o controle do peso, o equilíbrio da microbiota intestinal e a redução da glicemia e da constipação.

Outra característica única dessa fibra é o seu tipo de fermentação bacteriana, que demonstrou ser de forma lenta e gradual ao longo das três semanas de estudo, além de estar presente nos três cólons: no ascendente e principalmente no transverso e no descendente. Geralmente, as fibras prebióticas (como o FOS) são fermentadas rapidamente na primeira porção colônica e geram efeitos colaterais como distensão abdominal, flatulência e cólicas. Entretanto, devido ao efeito prebiótico mais lento e gradual, esses efeitos não são observados com Fibregum B®.

Controle e manutenção do peso corporal com fibras
 

A microbiota intestinal se diferencia entre indivíduos considerados magros, com sobrepeso e obesos e, ainda, naqueles que possuem hábitos alimentares diferentes. Estudos demonstram que dieta, inflamação e resistência à insulina são, em parte, mediadas pela composição de bactérias intestinais, em que diferentes mecanismos têm sido propostos para explicar a ligação entre a microbiota intestinal, o sobrepeso e a obesidade.

A modulação da microbiota intestinal tem sido citada como uma eficiente estratégia clínica para o controle do excesso de peso e de suas comorbidades, sendo crescente o número de estudos que avaliam os efeitos metabólicos da modulação da microbiota a partir da utilização de prebióticos e probióticos. As fibras alimentares possuem diversas propriedades funcionais, que podem ser definidas como o efeito sobre diversos parâmetros fisiológicos.   

Possuem ação no controle e na manutenção do peso por mecanismo indireto, induzindo a liberação de neuropeptídeos que atuam na sensação de saciedade. De acordo com um estudo publicado na revista The American Journal of Clinical Nutrition, em novembro de 2009, a fermentação bacteriana dos prebióticos resulta no aumento da secreção de dois neuropeptídeos intestinais (GLP- 1* e peptídeo YY) que aumentam a sensação de saciedade por modular dois importantes neurônios. Os neuropeptídeos intestinais inibem o neurônio NPY/AgRP**, responsável pela ingestão alimentar, e estimulam o neurônio POMC/ CART***, responsável pela diminuição da ingestão alimentar.

Conheça mais sobre seus benefícios na microbiota intestinal

Saúde intestinal e aumento da imunidade

A obstipação é uma das doenças mais frequentes no sistema gastrointestinal e está associada ao trânsito intestinal lento, em que a alimentação inadequada, o baixo consumo de fibras, a diminuição ou perda do reflexo evacuatório e a vida sedentária exercem papel fundamental. A indicação de fibras solúveis e insolúveis em quantidade adequada aumenta o bolo fecal, por isso, as fibras têm sido usadas para aliviar os sintomas.

O intestino é um órgão em que ocorrem inúmeras reações imunológicas, incluindo a presença de anticorpos (como a imunoglobulina A secretora e várias células imunocompetentes dispersas na lâmina própria e epitélio ou organizadas em estruturas bem-definidas), que exercem papel fundamental na apresentação antigênica e na elaboração da resposta imune a microrganismos e proteínas da dieta.

Fibregum B® é extremamente importante para a proteção e para o funcionamento mecânico e metabólico do intestino, modulando a microbiota intestinal por meio do efeito bifidogênico e mantendo a função digestiva e imunológica. Um estudo mostrou que a ingestão de Fibregum B® aumentou significativamente a população da flora intestinal, sendo que os resultados mais expressivos ocorreram em indivíduos com contagem baixa de bifidobactérias inicial.

Estímulo do bom funcionamento intestinal e reequilíbrio da flora

Fibregum B®…………………………………………………………..5g

Lactobacillus acidophilus……………………………………..1 bilhão de UFC

Lactobacillus rhamnosus……………………………………..2 bilhões de UFC

Lactobacillus casei……………………………………………….1 bilhão de UFC

Posologia: Adicionar o conteúdo de 1 envelope em um copo com 200ml de água.

Fonte: http://www.galenanutrition.com.br/single-post/2016/12/21/Controle-e-gerenciamento-de-peso-a-partir-do-intestino-com-Fibregum-B%C2%AE

Compartilhar:

Mousse de Vitamina C Extra-Aveludado para o Rosto.

 

  • Vitamina C Pura 20% com toque extrasseco;
  • Reduz a flacidez e rugas do rosto;
  • Aumenta a firmeza da pele;
  • Pele mais jovem, clara e iluminada;
  • Efeito primer;
  • Textura extra-aveludada

 

Indicação

PURE C 20 Mousse é indicado parapeles com rugas, flácidas, com manchas e sinais avançados de envelhecimento.

Benefícios

82% Clareamento das Olheiras;

69% Redução das rugas na Testa;

65% Redução das rugas entre as Sobrancelhas;

56% Redução das rugas na Área dos Lábios;

Sensorial Extrasseco e Não Oleoso;

Maior Permeação;

Dermatologicamente Testado;

Livre de Parabenos e Fragrância;

Não Testado em Animais.

 

Como Usar

USO Diário:Aplique Pure C 20 Mousse duas vezes ao dia, pela manhã e à noite sobre a pele limpa e antes do filtrosolar.

USO Pré Maquiagem:Aplique Pure C 20 Mousse antes da maquiagem ou BB Cream

Uso Pós Procedimento:Aplique Pure C 20 Mousse imediatamente após Procedimentos Dermatológicos não ablativos que tenham finalidade Rejuvenescedora ou Clareadora.

 

Ingredientes Ativos

20% Vitamina C em Partículas Micronizadas:

Poderoso antioxidante que previne o envelhecimento causado pelos radicais livres e que também atua na síntese de colágeno, aumentando a firmeza e diminuindo rugas e linhas de expressão, além de promover o clareamento da pele. As partículas micronizadas garantem uma maior permeação e absorção da vitamina C.

41f11957-6914-4fed-b3ba-a321229e9889

Componentes

CYCLOPENTASILOXANE, DIMETHICONOL, DIMETHICONE, DIMETHICONE CROSSPOLYMER, DIMETHICONE/VINYL DIMETHICONE CROSSPOLYMER, SILICA, SILICA SILYLATE, ALUMINIUM STARCH OCTENYLSUCCINATE, ASCORBIC ACID.

 

 

Compartilhar:

Protetor solar antioxidante com textura leve como a água.Protege contra os raios UVA e UVB com ação calmante e refrescante. Previne o fotoenvelhecimento.

 

thumbnail_IMG-20170627-WA0051

 

  • Textura Levíssima à Base de Água;
  • Protege contra UVA e UVB;
  • Ação calmante e refrescante;
  • Peles oleosas e acneicas
  • Previne o fotoenvelhecimento;
  • Previne manchas, rugas e flacidez;
  • 12 Horas de Proteção

 

Indicação

BIOSOLE LEV FPS 30 e 60 é indicado para peles oleosas e com tendência a acne, possui textura levíssima, ação calmante, refrescante e alta proteção contra os raios solares.

 

Benefícios

Toque Seco;

Textura Levíssima a Base de Água;

Antioxidante;

Calmante;

Refrescante;

Hipoalergênico;

Dermatologicamente Testado;

Rápida Absorção;

Livre de Parabenose Fragrância;

Não Testado em Animais.

 

Como usar

ApliqueBIOSOLE LEV sobre o rosto limpo e secoantes da exposição ao sol. Reaplicar sempre, após sudorese intensa, nadar ou banhar-se, secar-se com toalha e durante a exposição ao sol.

 

Ingredientes Ativos

AcquadiRecoaro:

Após 7 anos de estudos das águas termais dos Alpes Italianos, escolhemos

a mais leve dentre as 1.000.

Água alcalina e hipotônica de rápida absorção. Maior poder calmante e refrescante.

 

Difendiox:

Combinação sinérgica de 14 polifenóis antioxidantes desenvolvida na Itália para máxima proteção da pele, atua diretamente no combate aos sinais do envelhecimento.

 

Ácido Hialurônico:

Favorece a hidratação das camadas mais profundas da pele sem deixar a pele oleosa.

Compartilhar:
Perfil
Mona Lisa Bevilacqua

Formada em Farmácia Industrial, Pós-graduada
em Manipulação Magistral Alopática, MBA em
Cosmetologia e
com cursos de
cosméticos realizados
em Paris e Mônaco.
Saiba Mais
Chat Online
LiveZilla Live Chat Software
LiveZilla Live Chat Software
Horários de atendimento para Orçamento Online:
De seg. a sex. das 08h às 18h.
Sábado. das 08h às 13h.
Newsletter
Fique por dentro das novidades.
AdaTina
Ideal Farma
Global Sport
Galena
Mais Acessados


Contato

34 3331-0500
Avenida Santos Dumont, 1050
Uberaba / MG - CEP 38060-600
Sobre o Blog

Este é um canal de comunicação da Farmácia AcquaBella com todos os nossos públicos: Clientes, Colaboradores, Sociedade e Fornecedores.
Farmácia AcquaBella © Todos direitos reservados 2014.